O Tratado das Últimas Coisas

Estarei publicando, semanalmente, um estudo concernente as Últimas Coisas (Escatologia Bíblica)

A vinda de Jesus

A vinda de Jesus será precedida de alguns sinais, tais como os descritos na Bíblia:
– Apostasia;
– Multiplicações de religiões e práticas demoníacas;
– Espiritualidade saturada de indiferentismo;
– Guerras: e,
– Restauração nacional de Israel.
A apostasia só pode ocorrer dentro da igreja, ímpio não tem do que se apostatar, e apostata não é o crente que se desvia, mas o que abandona deliberadamente e espontaneamente a fé.

A frieza espiritual, o modernismo teológico, o mundanismo, o materialismo filosófico e o conformismo que saturam as igrejas denominadas cristãs evangélicas, a condição da humanidade em todas as camadas sociais, de uma maneira global e não apenas local, tornando-se cada vez mais indiferentes a Deus, à sua Palavra e a tudo quanto Lhe diz respeito são sinais que também precedem a volta de Cristo.

A raça humana, sob o ponto de vista Divino, está dividida em três grupos distintos (I Co 10:32), e para cada um deles, Jesus virá de uma maneira especial, num momento específico: – Igreja – Jesus vem como noivo, para arrebatar (tomar para Si) antes da grande Tribulação;
– Israel – Jesus vem como Libertador e Messias, no final da Grande Tribulação; e,
– Nações – Rei dos reis, Senhor dos senhores e Juiz, após isso, reinará sobre as nações com vara de ferro. Não estamos dizendo que Jesus virá três vezes, e sim que sua vinda se relaciona com esses três grupos.

A vinda de Jesus é tão certa como o fim de todas as coisas. A Bíblia mostra inúmeras evidencias deste fato:
– Jesus mesmo afirmou que voltaria para buscar os seus. (João 14:3 – Apocalipse 22:20)
– Os anjos afirmaram que Jesus voltará. (Atos 1:10-11)
– Os escritores da Bíblia, inspirados pelo Espírito Santo, afirma que Jesus voltará. (Jó 19:25 – Daniel 7:13-14 – Hebreus 9:27-28)
– Os sinais que tem se cumprido, segundo as profecias bíblicas, atestam que Jesus voltará (Mateus 16:3, 24:3)
– E por último, o testemunho constante da Ceia que o Senhor ordenou, assegura que Ele voltará. (I Coríntios 11:26)

A vinda de Jesus se dará por um extenso período, e acontecerá em duas fases:
– Primeiro Ele vem para os seus (João 14:3). É o arrebatamento da igreja
– Depois Ele vem com os seus (Zacarias 14:5b; I Tessalonicenses 3:13; Judas v. 14). É a sua volta em glória, sua revelação pública, sua manifestação visível a Israel e a outras nações.
Entre o arrebatamento da igreja e sua volta em glória, segundo as Escrituras Sagradas, decorrerá um período de sete anos, onde acontecerão fatos estupendos na terra.

Bom, diante do que foi exposto, o arrebatamento da igreja acontecerá de maneira secreta, somente os salvos em Jesus ouvirão a trombeta. Na sua volta em Glória, sua manifestação será publica, todo olho o verá. Entretanto, ninguém pode afirmar convictamente, de que os fatos se darão exatamente como foi exposto, existem certos detalhes que só conheceremos no dia do seu acontecimento, esse é o “MISTÉRIO” de I Coríntios 15:51. O fato de estudarmos esses eventos em pontos separados, não indica que estarão acontecendo, exatamente, como foi interpretado.

Fonte: O Calendário da Profecia (Antonio Gilberto)

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.