O poder de Deus destrói as obras das trevas.

Atos 19: 18-20
Muitos dos que tinham crido vinham, confessando e publicando os seus feitos. Também muitos dos que seguiam artes mágicas trouxeram os seus livros e os queimaram na presença de todos, e, feita a conta do seu preço, acharam que montava a cinquenta mil peças de prata. Assim, a palavra do Senhor crescia poderosamente e prevalecia.”

A Bíblia é superior a qualquer outro livro do mundo. O mundo, com sua sabedoria e vasto acúmulo de conhecimento nunca foi capaz de produzir um livro que chegue perto de se comparar a Bíblia. A Bíblia revela fatos sobre a corrupção humana, fatos que a natureza humana teria interesse em acobertar. Pois, embora tenha sido escrito por uns quarenta autores diferentes, por um período de 1.600 anos, ela revela ser um livro único que expressa um só sistema doutrinário e um só padrão moral, coerentes e sem contradições.

Muitos livros, tais como: o Alcorão, o Livro dos Mórmons, o Zenda Avesta, os Clássicos de Confúncio, todos tiveram influência no mundo. Tais livros conduziram as pessoas a uma ideia apagada de Deus e do pecado, ao ponto de serem ignorados. A Bíblia, porém, tem produzido altos resultados em todas as esferas da vida do homem: na arte, na arquitetura, na literatura, na música, na política, na ciência etc.

Nenhum outro livro além da Bíblia é capaz de, pelo poder da Palavra, despertar o homem da sua real incapacidade, impotência e ignorância quanto a sua situação de perdido. É na Bíblia que, ao homem, é revelado que há salvação; que ele precisa ser salvo; que ele pode ser salvo; e, como ele pode ser salvo. Somente a Bíblia e, tão somente ela, pode desvendar estes mistérios eternos. A experiência do homem tem demonstrado que a tendência da natureza humana é degenerar-se e seu caminho ascendente se sustêm unicamente quando é voltado para cima, em comunicação direta com a Palavra de Deus.

Torna-se incoerente a atitude de alguém, quando a mentira que esse alguém vive é confrontada com a Verdade e, mesmo assim, tal pessoa opta por continuar vivendo a mentira. E, é somente pelo poder de Deus que podemos chegar ao conhecimento pleno da Verdade.

É imprescindível que o estimado leitor, verifique todo o capítulo dezenove do livro de Atos, para que possa entender, contextualmente, os versículos acima. O que temos no capítulo dezenove de Atos é uma grande demonstração do poder de Deus através da vida de Paulo, aos habitantes de Éfeso. Enfermos foram curados e endemoniados foram libertos com a simples presença de peças de roupas – lenços e aventais, do próprio Paulo. Como está escrito eram “milagres extraordinários” que Deus operava pelas mãos de Paulo.

Eram manifestações tremendas do poder de Deus, operadas através de Paulo, na vida das pessoas, que chegou ao ponto de se queimar publicamente um acervo de livros, da cultura e tradição da época, que, calculando aproximadamente, somava 50 mil dias de trabalho de uma pessoa. Mas a questão é que quando somos encontrados pela Verdade, todas as coisas perdem seu valor. Sendo assim, não há livro, por mais didático ou instrutivo que seja, que se compare a Palavra de Deus. Todos eles acrescentam só conhecimento intelectual e nada mais, mas a Palavra de Deus conduz o homem a Salvação.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.