O profeta de Deus não fala coisas do seu coração.

Jeremias 23: 26
Até quando sucederá isso no coração dos profetas que profetizam mentiras, e que só profetizam do engano do seu coração?”

Longe de mim o sentimento arrogante de me achar melhor que qualquer outra pessoa. Sou tão, ou mais, imperfeito que as demais pessoas que me rodeiam. Reconheço e admito minhas falhas e limitações, mas não faço delas justificativas para agir de maneira contraditória à vontade de Deus. Claro que não cumpro cabalmente tudo o que o Senhor deseja que cumpramos, no entanto, me esforço em errar o menos possível, a fim de que consiga achar graça diante dos olhos do meu Deus. Embora seja fraco, limitado e imperfeito, de maneira alguma me conformarei com o que estão fazendo com a obra de Deus.

Jeremias estava, praticamente, sozinho pregando a um povo totalmente corrompido moral e espiritualmente. A corrupção moral e espiritual abrangia um nível alarmante que se estendia desde os governantes, os sacerdotes, os profetas e atingia toda a nação. A desolação espiritual tinha atingido seu ápice e não havia, praticamente, ninguém que praticasse o bem. Israel, aos olhos do Senhor, estava procedendo pior do que as nações ao seu redor, tanto no contexto social quanto no religioso.

Sem duvida alguma que a degradação moral é uma consequência inevitável do que já está ocorrendo na esfera espiritual. Ninguém que tenha aceitado a Jesus como salvador e tenha experimentado as virtudes do Espírito Santo de Deus e desfrutados das bênçãos do Senhor, tem a sua vida moral desintegrada sem que antes o seu relacionamento com Deus já tenha rompido. Ninguém cai para depois se afastar de Deus, se caiu é por que já estava afastado de Deus. E, o nosso Deus não fica inerte diante de uma situação de perigo pela qual alguém esteja atravessando, Ele “acende” todas as luzes de alerta, avisando do perigo que está por vir.

O Senhor não age como o homem – sem misericórdia, antes de agir, o Senhor, dá oportunidades para que se volte para Ele. Com o sacerdote Eli não foi diferente. Antes de desarraigar o sacerdote e seus filhos, o Senhor enviou um profeta para anunciar-lhe o que estava por vir.
Quando dizemos que alguém não está escutando a voz de Deus, não estamos dizendo que tal pessoa está com problemas de audição, a questão está no fato de que tudo o que tal pessoa ouve da parte da Deus, ela não dá o devido crédito.

Por outro lado, o que estamos vivendo nestes últimos dias, é a mesma situação que o profeta Jeremias estava denunciando – estão anunciando o que Deus não está mandando. As mensagens de hoje, tal como no passado, tem origem no intelecto humano e, muitas das mensagens que ouvimos, são plágios. Plágios que, sem nenhuma vergonha na cara, o pregador diz que chegou “fresquinha” para ele, diretamente do trono de Deus. Tais pregadores entregam profecias que ferem declaradamente as doutrinas bíblicas, vaticinam coisas que, enfaticamente, estão contradizendo, em algumas ocasiões, até os atributos de Deus. Alguns chegam às raias da irreverência e, dizem com todas as letras que nosso Deus é o “cara mais debochado do mundo”.

O fim está muito próximo. O nível de apostasia está atingindo um nível alarmante e, não pensem que a apostasia está só no meio do rebanho, ela já atingiu a classe dos clérigos. Que Deus tenha misericórdia de nós.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.