O alicerce de toda a nossa edificação espiritual.

Salmos 127:1
 “Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela”.

O Salmo 127 é da autoria do rei Salomão e, neste Salmo, ele exalta a soberania de Deus destacando que o Senhor é a parte principal e essencial para a manutenção e sustento da vida em todos os seus aspectos. O sentido literal do termo soberania, denota uma situação em que uma pessoa, com base em sua dignidade e autoridade, exerce o poder supremo, sobre qualquer área, em sua província, que esteja sob a sua jurisdição.

Champlin escreveu que ‘quando é aplicado a Deus, o termo indica o total domínio do Senhor sobre toda a sua vasta criação. Como Soberano que é, Deus exerce de modo absoluto a sua vontade, sem ter de prestar contas a qualquer vontade finita. A soberania de Deus consiste em sua onipotência, expressa em relação ao mundo criado, mormente no tocante à responsabilidade moral das criaturas diante dele. Visando a um fim benfazejo, e executando o seu plano eterno para a criação inteira e para os homens Deus exerce autoridade absoluta, amoldando todas as coisas e todos os acontecimentos à semelhança do que o oleiro faz com o mesmo monte de barro amassado.’

Somente o que provém de Deus e tem a sua bênção é realmente valioso na vida daqueles que vivem na condição de súditos do Seu Reino. Porque, se Deus não operar em nossa vida, atividades, objetivos e familiares, nada se resolverá, e tudo acabará em frustração e desilusão. Devemos, pois, buscar a bênção e a direção divina em tudo a partir dos primeiros passos da vida.

As famílias constroem suas casas, e as sentinelas guardam as cidades, mas ambas as atividades são inúteis se o Senhor não estiver presente. Uma família sem Deus nunca poderá experimentar o laço espiritual com que Ele ata os relacionamentos. Uma cidade sem Deus se desintegrará devido à sua impiedade e corrupção. Como cidadãos do Reino de Deus, não cometamos o erro de deixar o Eterno fora de nossa vida. Pois, quando fazemos isso, todas as nossas realizações serão inúteis. Façamos de Deus a nossa prioridade mais elevada, e deixemos que Ele edifique a nossa vida.

Deus não é contra o esforço humano. O trabalho do homem é uma forma de honrar a Deus. Mas trabalhar para excluir os demais ou a ponto de negligenciar a família, pode ser um modo de encobrir a incapacidade de confiar que Deus pode prover as nossas necessidades.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Bíblia de estudo Pentecostal.
– Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal.
– Bíblia de Estudo MacArthur.
– Enciclopédia de Champlin vol. 6

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.