O tratado das últimas coisas (III).

Distinção entre o arrebatamento da igreja e a revelação de Jesus

Algumas pessoas ensinam que a igreja enfrentará a Grande tribulação, e que a vinda de Jesus será em um único ato para diversos propósitos. Jesus virá para a igreja, para Israel e para as nações rebeladas contra Deus. Ensinam que a trombeta de I Co 15:52 e I Ts 4:16 é equivalente a trombeta de Ap 11:15-19. 

As diferenças e contrastes das duas fases da vinda de Jesus são tão evidentes na Bíblia, que se assim não fosse, a Bíblia não seria tão inerrante e infalível. Veremos a seguir, sempre com duas citações bíblicas, as evidencias das duas fases distintas da vinda de Jesus. A primeira citação será sobre o arrebatamento da igreja e a segunda citação sobre sua revelação em Glória.

1 – (a) “E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. ” (João 14:3)
      (b) “Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória. ” (Colossenses 3:4)
Como se vê, em João, Jesus promete vir buscar seu povo, ou seja, aqui Ele vem para os seus. Em Colossenses está escrito que viremos com Ele na sua revelação as nações, ora, como poderemos vir com Ele, se primeiro não formos com Ele?

2 – (a) “Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. ” (I Tessalonicenses 4:17)
       (b) “E naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade dele para o sul. ” (Zacarias 14:4)
O contraste das duas fases da vinda de Jesus, nestes textos, é claríssimo. Não deixando margem para dúvidas ou especulações.

3 – (a) “Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. ” (I Coríntios 15:52)
      (b) “Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. ” (Mateus 24:30)
No primeiro texto os fatos se darão num abrir e fechar de olhos, num piscar. Essa trombeta só será ouvida pelos salvos, já no segundo texto, os fatos serão precedidos por sinal, indicando que será um acontecimento mais demorado do que o primeiro.

4 – (a) “Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação. ” (Hebreus 9:28)
      (b) “E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas; E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda. Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me. Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos? E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos; Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes. Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos? Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim. E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna. “ (Mateus 25:31-46)
O texto de Hebreus nos fala de Jesus vindo para os que lutaram por uma vida sem pecados e aguardam com muita ansiedade esse dia Glorioso, no texto de Mateus vemos um tribunal reunido para um julgamento, do qual Jesus é o Juiz, e nós estaremos neste tribunal não como réus, mas como testemunhas da justiça do justo Juiz.

5 – (a) “Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou. E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos. “ (Apocalipse 19:7-8)
      (b) “E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça. E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo. E estava vestido de uma veste salpicada de sangue; e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus. E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro. “ (Apocalipse 19:11-14)
A sequência dos fatos é: subiremos como noiva e viremos com esposa para julgar as nações.

 “Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; ” (I Coríntios 15:51)

O arrebatamento da igreja não foi revelado aos escritores do Antigo Testamento. Aos escritores do Novo Testamento não foi revelado detalhes deste evento. Já a volta de Jesus em manifestação as nações, é descrita com detalhes em toda a Bíblia, é o “Dia do Senhor Jeová”, que os profetas tanto vaticinaram. É o dia em que Ele virá para julgar as nações.
Paulo em um único versículo falou dos dois eventos em sua carta a Tito (2:13), a “bendita esperança” fazendo alusão ao arrebatamento da igreja; e a “manifestação da glória” aludindo à sua manifestação pessoal de Jesus as nações.

Como vimos, fica evidente a luz da Bíblia, que a vinda de Jesus se dará em duas fases: uma para igreja, de forma secreta, e outra publica, onde todos os olhos o verão.
No Antigo testamento, temos vários ensinos que denotam o arrebatamento da igreja antes da Grande Tribulação, tais como:
– Enoque, trasladado antes do dilúvio;
– Elias, arrebatado antes de Israel ser conquistado por inimigos;
– Ló, posto a salvo antes do Senhor subverter Sodoma e Gomorra;
– José, revelou-se secretamente aos seus irmãos.

Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa. O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória. ”

O Espírito Santo como selo, é a prova de que Deus nos comprou, e somos possessão sua. O Espírito Santo habitando em nós é uma garantia divina e também um penhor, significando que em breve Ele virá para levar toda sua compra. É evidente que quando isso ocorrer, Ele levará somente o que for seu.

Fonte: O Calendário da Profecia (Antonio Gilberto)

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

One thought on “O tratado das últimas coisas (III).

  • 23 de janeiro de 2017 em 14:47
    Permalink

    Achei muito complicada suas explicações.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.