Devocional lição 07/ 1ºtrim 2017, Sábado – A benignidade é fruto do Espírito.

Gálatas 5:22
Mas o fruto do Espírito é: caridade, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança”.

Recordo-me do tempo de colegial, ainda na primeira fase de aprendizagem, que naquele tempo se chamava “primário”, tínhamos uma matéria cujo nome era Educação Moral e Cívica. A inserção desta matéria na grade curricular do aluno, tinha como objetivo formar cidadãos com moral e civismo para ingressarem na sociedade, tendo pleno conhecimento dos deveres de cada cidadão. 

Não podemos confundir o fruto do Espírito com as virtudes de cada ser humano. A benignidade como virtude do fruto do Espírito não pode ser equiparada a virtude humana. Não é o conjunto de normas morais do homem que o capacita a receber o fruto do Espírito, mas a obra que o Espírito realiza em nós, nos torna moralmente aptos a praticar as virtudes do fruto do Espírito.
Existem muitas pessoas que praticam boas obras, que usam de benignidade para com os outros, mas que infelizmente fazem isso por uma questão moral, não há nestas pessoas qualquer indício da presença do Espírito Santo em suas vidas. Praticar as boas obras não é dever somente do cristão, é dever de todo cidadão, entretanto, as obras que o crente fiel pratica na virtude do Espírito, diferencia-se no objetivo, ou seja, o homem natural pratica boas obras para a própria exaltação e honra e, nós as fazemos para a exaltação e glória de Jesus Cristo.

A benignidade como virtude do fruto do Espírito é praticada a todos sem distinção. O próximo não deve ser entendido como aquele que está por perto, mas aquele que é meu semelhante, sendo assim, a “minha” benignidade deve alcançar a todos os homens.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.