A Palavra de Deus é o fundamento da Ética Cristã.

Mateus 24: 35
O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.”

Ética Cristã pode ser definida como os princípios que são derivados da fé cristã e, pelos quais agimos. Não obstante a Palavra de Deus não se pronunciar diretamente sobre determinadas situações que temos que encarar em nossas vidas, seus princípios nos dão os padrões pelos quais devemos agir nas situações onde não temos instruções explícitas. Por exemplo, a Bíblia não diz nada diretamente sobre o uso de drogas, no entanto, baseado nos princípios que aprendemos das Escrituras, somos conscientizados que é errado.

A Bíblia nos diz que nosso corpo é o templo do Espírito Santo e, como tal, devemos usá-lo para honrar a Deus. Por saber dos danos que o uso da droga causa a vários órgãos do corpo, estaríamos, deliberadamente, destruindo o templo do Espírito Santo. Com certeza isso não iria honrar a Deus. A Bíblia também nos diz que devemos seguir as autoridades que Deus tem estabelecido. Dada a natureza ilegal das drogas, ao usá-las não estaríamos nos submetendo às autoridades, pelo contrário, estaríamos nos rebelando contra elas. Isso significa que se drogas ilegais se tornassem legais, então não teria problema? Não, se não violasse o primeiro princípio.

A ética cristã está fundamentada na Palavra de Deus, e tão somente nela. O crente não desonra o próprio corpo, não porque pode causar algum dano físico ou trazer consequências irreversíveis, mas, antes, por que violando o próprio corpo estaria desonrando a Deus. Não fumamos ou bebemos por que é, somente, prejudicial à saúde, porém, não temos esses hábitos por que é uma desonra a Deus e uma profanação do Templo do Espírito Santo.

Nossos princípios devem, indiscutivelmente, estarem fundamentados na Palavra de Deus, pois ela é a operação divina que comunica ao homem fatos que a razão humana é insuficiente para conhecer. É, portanto, a operação divina que comunica a verdade de Deus ao homem. Ela é, também, a operação divina que influenciou os escritores bíblicos, capacitando-os a receber a mensagem divina, e que os moveu a transcrevê-la com exatidão, impedindo-os de cometerem erros e omissões, de modo que ela recebeu autoridade divina e infalível, garantindo a exata transferência da verdade revelada de Deus para a linguagem humana inteligível, e, por fim, ela é a influência ou ministério do Espirito Santo que capacita todos os que estão num relacionamento correto com Deus para entender plenamente toda a Palavra de Deus.

Dizemos que a Bíblia é um livro que tem autoridade porque ela tem influência, prestígio e credibilidade, quanto a pureza na transcrição ou tradução, por isso deve ser obedecida porque procede de UMA fonte infalível e autorizada. Dizemos que a Bíblia é inerrante pois, ela transmite a verdade de maneira que as palavras, entendidas no sentido em que foram empregadas, entendidas no sentido que realmente se destinavam a ter, não expressam erro algum.

Ao fazermos uso dos princípios que achamos nas Escrituras, cada crente pode determinar seu caminho em qualquer situação. Em alguns casos, vai ser bem simples, tais como as regras para a vida Cristã que encontramos. Em outros casos, no entanto, teremos que cavar mais fundo. A melhor forma de fazer isso é orando e estudando a Palavra de Deus.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.