"𝓔, 𝓵𝓲𝓫𝓮𝓻𝓽𝓪𝓭𝓸𝓼 𝓭𝓸 𝓹𝓮𝓬𝓪𝓭𝓸, 𝓯𝓸𝓼𝓽𝓮𝓼 𝓯𝓮𝓲𝓽𝓸𝓼 𝓼𝓮𝓻𝓿𝓸𝓼 𝓭𝓪 𝓳𝓾𝓼𝓽𝓲𝓬̧𝓪". 𝓡𝓶 6:18

Devocionais EBD

A enganosa aparência de piedade dos falsos ensinadores.

II Timóteo 3: 5; Mateus 7: 15
 “… tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.
 “Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores.”

A Palavra de Deus nos assegura (e disso ninguém pode duvidar) que as coisas se tornarão piores à medida que o fim se aproximar (esse fim inclui a era cristã) – “Mas vós, amados, lembrai-vos das palavras que vos foram preditas pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo”. Os últimos dias (na definição bíblica) serão assinalados por um aumento cada vez maior de iniquidade no mundo, um colapso nos padrões morais e a multiplicação de falsos crentes e falsas igrejas dentro do reino de Deus. Esses tempos serão espiritualmente difíceis e penosos para os verdadeiros servos de Deus.

Paulo faz essa advertência a fim de reanimar os obreiros que, com suas igrejas, permanecerem leais a Cristo e à sua revelação. A plena bênção da salvação em Cristo e o poderoso derramamento do Espírito Santo continuarão à disposição dos que permanecem leais à fé e à prática dos ensinos do Novo Testamento. A apostasia na igreja redundará em mais graça e poder para os que se mantiverem firmes na fé original que foi entregue aos santos.

Não estamos aqui para abrir discussões a respeito de questões que só se respondem pela fé. Mas, de acordo com o seguimento teológico, do qual aprendemos, cremos e ensinamos, nossa salvação ainda está em processo de conclusão. Embora tenhamos a convicção da nossa salvação, o que as lições deste trimestre querem nos conscientizar é de que, ainda corremos o risco de não entrar no Céu. Podemos ver a nossa salvação da seguinte forma (apenas uma ilustração): assim como o simples fato de termos comprado uma passagem para determinado destino não nos assegura de chegar lá sãos e salvos, o sacrifício de Jesus é a nossa passagem para chegarmos no Céu; o Espírito Santo é quem está nos conduzindo pelo caminho certo que nos fará chegar lá, mas se nós desprezarmos as instruções do Espírito Santo, fatidicamente não chegaremos.

O que temos atualmente é um monte de crentes escorados em suas religiões ou em seus líderes. Como sempre dizemos a história se repete num contexto sócio/cultural diferente e com personagens diferentes, mas o enredo é o mesmo. Paulo, na carta que escreveu a Timóteo, se refere àqueles que dizem ser crentes, e, aparentam santidade, porém, não demonstram que foram libertos por Deus, do pecado, do egoísmo e da imoralidade. Tais pessoas toleram a imoralidade nas suas igrejas e ensinam que é possível praticar os pecados citados nos versículos anteriores (2-4) e, ao mesmo tempo, serem crentes.

Uma das coisas que identifica o falso mestre na igreja é a sua oposição às verdades básicas do evangelho, ou sua indiferença para com elas.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Bíblia de Estudo Pentecostal.
– Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal.

Compartilhar

Erivelton Figueiredo

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

One thought on “A enganosa aparência de piedade dos falsos ensinadores.

  • Hosana dos Reis

    Ensino maravilhoso🙌🏾✋🏾 agradeço sempre 🙏🏾

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.