Devocional lição 08/ 1ºtrim 2017, Quinta-feira – Que jamais venhamos padecer como homicidas.

I Pedro 4:15
Que nenhum de vós padeça como homicida, ou ladrão, ou malfeitor, ou como o que se entremete em negócios alheios

A palavra “cristão” é usada apenas três vezes em todo o Novo Testamento (Ί Pe 4:16; At 11:26; 26:28). A princípio, esse nome foi dado pelos inimigos da Igreja como forma de insulto, mas, com o tempo, se tornou um nome honrado. É evidente que, no mundo de hoje, para a maioria das pessoas, o nome “cristão” significa o oposto de “pagão”. Mesmo que essa palavra tenha se tornado vulgar, ela dá a ideia de “alguém como Cristo, alguém pertencente a Cristo”. 

Na grande maioria das vezes, é na fornalha da perseguição e do sofrimento que conseguimos enxergar as coisas com mais clareza e é nesse momento que examinamos e entendemos melhor nossa vida e nosso ministério. O fogo ardente é o processo que Deus usa para extrair as impurezas, as escórias, os resíduos maléficos que ainda insistem em macular a vida do crente, ou seja, esse processo só se dá na Igreja de Cristo, e tem como objetivo torna-la cada vez mais alva, pura, sem manchas ou máculas, capacitando-a para a sua nobre missão.
Pelo fato de sermos cristãos, não estamos invulneráveis as consequências dos delitos cometidos, e talvez muitos pensem nesta hora: “ não sou homicida”! Jesus advertiu-nos que os pensamentos e sentimentos são tão nocivos quantos aos atos praticados, posso não ser homicida, mas por acaso tenho andado em honestidade não roubando a ninguém, ou tenho andado em benignidade não criando confusão, ou me intrometendo em negócios que não me dizem respeito?

O que Pedro nos ensina é que, quando o mundo fizer uma avaliação do crente, usando seus critérios, o crente deve ser achado como reprovado em todos os requisitos, e que por causa desta reprovação somos intimidados, perseguidos, afligidos e afrontados. Quando sofremos isso tudo e perseveramos na fé, é porque já atingimos a maturidade cristã e nos convencemos de que nada é mais precioso do que estar com Jesus naquele grande dia, entrementes, aquele que nos aflige, persegue e afronta está apenas enchendo a medida da ira de Deus.

Estamos no mundo, mas não pertencemos a ele.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.