Devocional lição 06/ 2º trim 2017, Segunda-feira – Deus peleja pelo seu povo.

Deuteronômio 3:22
Não os temais, porque o SENHOR, vosso Deus, é o que peleja por vós

Nós, como igreja de Cristo hoje, temos o dever de olhar para o passado, não para recordar do que éramos, mas, para lembrar dos grandes feitos de Deus em relação ao seu povo, bem como do que fizemos em retribuição as bênçãos recebidas. Isso servirá de encorajamento para que a nova geração de crentes persista na marcha triunfal ao Céu; que nunca se esqueçam das suas raízes e que perseverem nas doutrinas da Palavra de Deus. 

Esta semana falaremos do personagem de uma passagem bíblica que causa muita confusão nas interpretações, levando muita gente a conclusões equivocadas.
Jonatas, filho mais velho do rei Saul, é um personagem bíblico, que nos ensina o que é ter um caráter de lealdade. As mãos de Deus amparavam o Príncipe, e já tinha concedido a ele uma grande vitória sobre os filisteus, tornando-o honrado entre o povo de tal forma que, o povo o livrou de ser executado pelo rei Saul em virtude de uma suposta desobediência.

A amizade entre Jônatas e Davi representa uma história inspiradora. Depois que Davi matou o gigante filisteu, Golias, e conquistou para si um lugar permanente na corte do rei, Jônatas passou a amar o jovem pastor com toda a sua alma. Ele reconheceu que Davi era um homem escolhido, por Deus, para o trono de Israel. Aceitando esse fato, estabeleceu um pacto com Davi e, como garantia deste pacto, presenteou a Davi com as suas próprias vestes de príncipe e sua armadura. Pacto esse que, vinte anos mais tarde, Davi estaria retribuindo a lealdade recebida, um descendente de Jonatas.

Jônatas tinha, sem dúvida, uma das maiores almas de todos os tempos. Seu caráter era firme como granito. Rápido como a águia e forte como o leão, esse príncipe israelita inspirou e orientou os renomados flecheiros benjamitas na arte da guerra. Quando o segredo era obrigatório, ele conseguia manter os lábios cerrados. Sempre podia analisar uma situação, planejar uma estratégia e agir no momento mais favorável. Seu irrestrito amor por Davi no meio de pressões tão adversas da corte de seu pai, justificou o que Davi disse a respeito da sua amizade: “Mais maravilhoso me era o teu amor do que o amor das mulheres”. Essa frase não pode ser usada como confirmação da existência de uma suposta relação homossexual entre ambos, pois Deus não aceitaria algo que era abominável diante DEle. Essa frase expressa a mais genuína amizade entre ambos. A lealdade era de uma intensidade tão grande, que superava o amor de qualquer mulher.

Jônatas procurou, convencido da importante promessa que repousava sobre Davi e consciente da reação oposta de Saul, ser o mediador entre a força irresistível do pai e o alvo inocente que era Davi, e saiu parcialmente vitorioso. O dever filial, supremamente testado pela sua conduta em relação aos dois homens, era inquestionável. Quando Saul, sob grosseira provocação, contestou a honra de sua mãe e pensou até em matar o próprio Jônatas, a lealdade do príncipe se abalou temporariamente. Entretanto, esse desentendimento teve curta duração e Saul e Jônatas continuaram a ser unidos na vida e na morte – pai e filho caíram juntos.

Durante os dias em que Saul perseguiu Davi, Jônatas permaneceu na retaguarda – evidentemente, ele se recusava tomar parte nessa fútil caçada. Porém, em tempo algum, ele desonrou o pai por causa da sua lealdade a Davi.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

One thought on “Devocional lição 06/ 2º trim 2017, Segunda-feira – Deus peleja pelo seu povo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.