Devocional lição 07/ 2ºtrim 2017, Sexta-feira – Em Cristo, nenhum povo é excluído do seu amor.

Colossenses 3:10-11
E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou; onde não há grego nem judeu, circuncisão nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo em todos

Uma vez que estamos vivos em Cristo, devemos buscar as coisas lá do alto. E, uma vez que morremos com Cristo, devemos nos despir das coisas que pertencem à vida terrena e de pecados do passado. Agindo desta maneira nos tornamos semelhantes a Jesus Cristo. Deus quer nos renovar e nos conformar à imagem de seu Filho. Ao crermos em Cristo, despimo-nos da vida antiga e nos revestimo-nos da nova. O velho homem foi sepultado, e o novo homem assume o controle. 

De que maneira o crente pode ser renovado? Ora, pelo conhecimento, mas não um conhecimento filosófico religioso, pois filosofia religiosa não pode mudar a vida de ninguém, falamos do conhecimento profundo da Palavra de Deus e do conhecimento íntimo de Cristo. Quanto melhor o crente conhecer a Cristo, mais semelhante a ele se tornará.
Fomos” formados” à imagem de Deus e “deformados”, pelo pecado, em relação a essa imagem, mas, por meio de Jesus Cristo, podemos ser “transformados” à imagem de Deus. Devemos ser renovados no espírito de nosso entendimento. Ao crescer no conhecimento da Palavra de Deus, seremos transformados pelo Espírito de Deus para compartilhar da imagem gloriosa de Deus. Deus nos transforma ao renovar nossa mente, processo que envolve o estudo da Palavra de Deus.

A leitura pode parecer entediante, mas é necessária para que possamos entender o processo pelo qual temos que passar. Não podemos pensar que a conversão de Rute se deu da noite para o dia. Não foi conversão à “primeira vista”. Ela passou por um processo. Provavelmente ela ouviu de Noemi a verdade; questionou sobre alguns costumes; inquiriu sobre tradições e avaliou tudo que ouviu para tomar uma decisão. Diferenças e particularidades humanas não devem ser uma barreira para a vida de santidade na igreja. Todas as distinções humanas se desvanecem em Jesus Cristo. Em Cristo, não há nacionalidade e diferenças religiosas passadas não são levadas em conta. Sem dúvida, o que levou Rute a decidir não foi comoção sentimentalista, mas foi o desejo de conhecer mais profundamente o Deus de Noemi. Um dos sinais de crescimento espiritual e de renovação da mente é essa disposição de receber e amar todos os que verdadeiramente conhecem a Cristo e procuram glorificá-lo.

“Cristo é tudo em todos”. Uma vez que temos plenitude em Cristo, podemos olhar além das diferenças terrenas que separam as pessoas e desfrutar a unidade espiritual no Senhor.
Se estamos vivos em Cristo; portanto, devemos buscar as coisas lá do alto. Estando mortos em Cristo; portanto, devemos fazer morrer as coisas terrenas. Podemos nos tornar semelhantes a Cristo; para tanto, devemos permitir que o Espírito Santo renove nossa mente, conformando-nos cada vez mais à imagem de Deus.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.