Devocional lição 10/ 2º trim 2017, Segunda-feira – Em primeiro lugar, o reino de Deus

Mateus 6:33
Mas buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas

Somos parte de uma geração que corre incessantemente em busca de seus interesses e ideais. Frente a tal realidade a nossa vida gira em torno das nossas conquistas pessoais, de modo a corrermos apressadamente de um lado para o outro em busca de um futuro melhor que se apresenta cada vez mais distante. A sensação que temos é de que quanto mais nos aproximamos da linha do horizonte, mais distante e inacessível ela se torna. O sonho da realização pessoal persegue homens e mulheres espalhados pelos quatro cantos da terra. 

A cobiça não apenas desvaloriza nossa riqueza, como também nos deprecia como pessoas. Enchemo-nos de preocupações e somos tomados de ansiedade anormal, não espiritual. Quem busca riquezas pensa que o dinheiro resolverá todos os problemas, quando, na realidade, trará ainda mais problemas! As riquezas materiais criam uma sensação falsa e perigosa de segurança, a qual termina em tragédia.
A preocupação com o amanhã não ajuda nem o dia de hoje nem o dia de amanhã. Antes nos priva de nosso vigor no dia de hoje – o que significa que teremos ainda menos energia no dia de amanhã. É correto planejar e até mesmo economizar para o futuro, mas é pecado preocupar-se com o futuro e permitir que o amanhã nos prive das bênçãos de hoje.

O relato de Marta e Maria, irmãs de Lázaro, nos ensina claramente sobre qual posição devemos permanecer diante do Pai. Considerando que a própria vida e o corpo foram providenciados por Deus, não deveríamos confiar nele para providenciar aquilo que tem menos importância?
Em primeiro lugar, devemos buscar o Reino de Deus e a sua justiça para nós mesmos. Na verdade, o Reino de Deus é a justiça. Devemos entender duas coisas: uma justiça imputada e uma justiça concedida, que é colocada em nossa conta ou crédito e que é comunicada às nossas almas.
Em segundo lugar, devemos buscar o Reino de Deus e a sua justiça para os outros. Isto é, a nossa principal preocupação como discípulos do Senhor deve ser a salvação das almas e a edificação da sua igreja. Ao fazermos isso, Ele promete suprir todas as necessidades materiais.

Marta andava ansiosa por ver todo o serviço acabado, para depois se sentar aos pés de Jesus. Mas primeiro, ela queria terminar seus afazeres. Não estamos dizendo que devemos ser irresponsáveis com nossas obrigações, Não! Longe disso! Dentro do contexto cultural, a maior preocupação de Marta era demonstrar a sua total capacidade de anfitriã. Ela esperava receber elogios de Jesus sobre seu belo trabalho, no entanto, quando ela percebe que a atenção do Mestre estava voltada para sua irmã Maria, ela se irrita.
Maria, valorizou a presença de Jesus em sua casa. Nada, naquele momento, era mais importante do que ficar aos pés de Jesus. Podemos aplicar isso aos nossos dias, quando temos Jesus o tempo todo dentro de nossos lares e não valorizamos sua presença. Ficamos ansiosos demais com nossos afazeres que chegamos a ignorar a presença de Jesus dentro da nossa casa.
Mas Ele está dentro de nosso lar, “sentadinho” esperando uma hora em que percebamos sua presença e que cheguemos a Ele para uma conversa intima.

Tire um tempo do seu dia para conversar um pouquinho com Jesus. Ele quer te ouvir e falar com você.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.