A promessa para quem perseverar até o fim.

Imagem relacionadaMateus 13:13
E sereis aborrecidos por todos por amor do meu nome; mas quem perseverar até ao fim, esse será salvo.”

Quero começar fazendo as seguintes perguntas: Como está sua vida como crente? Tens sofrido afrontas por causa do nome de Jesus? Tens tido aborrecimento por causa da fé que professa? Tens sido desprezado, ignorado ou humilhado por causa do precioso nome de Jesus? Caso sua resposta seja um sim, glórias a Deus, isso mostra que tens vivido dentro dos parâmetros requisitados na Palavra de Deus e que já estás preparado para ser submetido as provações, porém, se sua reposta é um não, não desanimes nem fiques triste, isso não quer dizer que você não seja um crente genuíno, mas que, se estiveres vivendo coerentemente com a fé que professa, está sendo moldado para isso.

Há uma promessa para os vencedores “deste” mundo. Sim, o mundo com seu sistema e tudo quanto está nele, são os obstáculos que temos que transpor durante nossa jornada aqui. Pode parecer que nos é dada alguma trégua ou descanso, porém, em momento algum devemos estar desatentos e nos descuidar com aquele que nos ronda. A Palavra de Deus nos assegura das lutas, provações e tribulações que, indubitavelmente, virão, e, se sabemos, antecipadamente, que estamos expostos a tais coisas, por que motivo murmuramos? Da mesma forma que somos informados das provações, também temos conhecimento de que o Senhor não nos deixará só nas batalhas.

Se somos, de fato, parte integrante da Igreja de Cristo, temos que ter plena consciência de estamos andando na contramão do mundo. Saiba que é um contra milhares. Quer saber por experiência própria como é viver assim? Faça a seguinte experiência, mas faça isso na hora do “rush”: Tente sair do trem do metrô pelo lado em que estarão entrando as pessoas. Você vai perceber que é exatamente assim que a Igreja de Cristo está caminhando neste mundo. Todo o sistema do mundo impõe-se para impedir o avanço da igreja.

E, ultimamente, a estratégia do diabo é: “se não posso com eles, junto-me a eles”. Há um espírito dentro das igrejas, operando com certo poder e, que tem causado divisões e dissenções acerca das doutrinas bíblicas, dos dogmas religiosos e dos ensinos bíblicos, e, neste sentido, os que perseveram nas doutrinas dos apóstolos, são os que tem sido aborrecido, afrontados e deixados de lado por causa da verdade que ensinam e pregam. A estratégia deste espírito é despertar na igreja um sentimento de incapacidade e, assim, demovê-la da missão que lhe foi dada, levando-a a conformar-se com o sistema do mundo, em alguns casos, este espírito tenta convencer a igreja de que o que o mundo tem oferecido não é prejudicial a salvação dos crentes, e, sendo assim, não há perigo algum em assimilar o que é oferecido.

O que devemos entender é que, contra a Igreja de Cristo as portas do inferno não prevalecerão, o próprio Senhor resguardará a Sua Igreja, mas, nós como igreja, como membros deste corpo, temos a responsabilidade de nos resguardar das impetuosas investidas contra esse corpo. Ainda que Cristo sendo o cabeça da Igreja e que jamais será influenciado pelo sistema do mundo, sobre nós, como membros, recai o dever de resistir a tais influências.

Vigiai, estai firmes na fé; portai-vos varonilmente, e fortalecei-vos.”

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.