Convidados a participar da eterna glória de Deus.

Imagem relacionadaI Pedro 5: 10-11
E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoará, confirmará, fortificará e fortalecerá. A ele seja a glória e o poderio, para todo o sempre. Amém.”

Quando a Palavra de Deus nos exorta a viver como peregrinos neste mundo, ela quer nos chamar a atenção para uma fraqueza, que incorremos nela, que é a de nos envolver com o sistema do mundo. A Bíblia Sagrada quer que atentemos para uma característica peculiar do crente, ele é um cidadão do céu, ou seja, mesmo que ainda na eternidade de Deus não tivéssemos um corpo, na mente e coração do Deus Altíssimo, nós já existíamos e, portanto, deveríamos voltar para lá. Mas, acontece que, muitos (me refiro aos cristãos) estão optando por ficar aqui, neste mundo, com sua oferta de falsa paz e prosperidade.

A secularização do evangelho tem feito muitas presas dentro das igrejas. O Reino de Deus perdeu espaço para a instituição religiosa, e assim, em certas igrejas, não se anuncia mais a salvação em Cristo Jesus, no lugar deste discurso prega-se curas, libertações e prosperidade financeira, transformaram Deus num realizador de desejos humanos, sendo eles espúrios ou não. As instituições religiosas não estão fazendo discípulos de Jesus Cristo, mas, seguidores, fãs e adeptos dos dogmas e preceitos que elas impõem como regulamento. As instituições religiosas, diante da caótica politica pública, estão oferecendo as pessoas, “refúgio” para obterem favores de Deus.

O crente “peregrino”, mesmo que esteja dentro de uma desta instituição, manter-se-á incontaminável, pois, ele bem sabe que os parâmetros estabelecidos para a sua boa conduta neste mundo, não tem origem na instituição, mas no próprio Deus. Não é na EBD, não é nos cultos de ensino, bem como, não é em reuniões com as mais diversas finalidades, que obteremos a salvação e Cristo Jesus, esses departamentos, o máximo que conseguem, é nos despertar para a necessidade dela. Os mestres dentro das igrejas, não podem ir além do que são capazes, eles não podem tornar ninguém crente, mas podem ensinar com ser um. Os pastores não podem salvar ninguém, mas podem conduzir as pessoas a salvação em Jesus.

Diante disso, o crente peregrino tem prosseguido na sua jornada, não se deixando ser atraído pelas práticas de fé frívolas, ele não tem buscado espiritualidade em campanhas efêmeras, ele não faz questão de cargos, títulos ou funções, coisas, que não torna quem os tem, uma pessoa melhor e mais santa. São “coisas” que não perturbam o crente peregrino, pois, ele bem sabe, que não depende delas para realizar a obra de Deus. O crente peregrino, caminha determinado em direção ao país do seu coração, e, ele tem se sacrificado para que isso ocorra rapidamente, desta forma, ele não experimenta conforto ou honras para que sua bagagem seja mínima e seu trajeto mais fácil.

A garantia que Deus nos dá de vida eterna, não está atrelada no tipo de vida que vamos ter no mundo. A Sua garantia é de vida eterna e não de vida fácil. E, o crente que peregrina neste mundo, sendo conhecedor disto, consente que o Senhor o molde de acordo com Seu parâmetro, que o alinhe de acordo com Seu prumo, que o ensine de acordo com sua Palavra.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

2 thoughts on “Convidados a participar da eterna glória de Deus.

  • 27 de novembro de 2021 em 15:45
    Permalink

    A paz do senhor Jesus Cristo meu irmão, eu sou Rivaldo leal Pinheiro também obreiro do senhor casado com pai de quatro filhos e está no meu coração iniciar uma campanha de oração com o tema (mostra-me tua glória) comecei buscar uma figura da glória de Deus pra mandar fazer um cartaz é achei a figura que você postou gostei e entrei pra saber se você consente que eu use sua figura nesse trabalho?

    Resposta
    • 27 de novembro de 2021 em 19:46
      Permalink

      Graça e Paz meu amado.
      Fique a vontade para usar o que lhe convier.
      Nada do que temos é, de fato, nosso, é para o bem comum de todos nós.
      Deus te abençoe.

      Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.