A necessidade de se cultivar os valores espirituais.

Hebreus 13: 18
Orai por nós, porque confiamos que temos boa consciência, como aqueles que em tudo querem portar-se honestamente.”

Como temos distribuído nosso tempo, de acordo com a nossa escala de valores? Não se engane, aquilo com o que você mais gasta seu tempo, sem dúvidas, é o que mais tem valor na sua vida. Geralmente, as coisas perdem seu valor com o decorrer do tempo, porém, ao invés de abrirmos nossos olhos para a necessidade de valorizar o que de fato tem valor, substituímos a futilidade pela frivolidade e, com isso, nossa vida está sempre preenchida de coisas inúteis.

A escala de valores de muitos crentes está desordenada. Alguns estão vivendo de modo desordenado porque não fazem a menor ideia do que as Escrituras ensinam a respeito do assunto; outros porque mesmo tendo os valores e prioridades devidamente ordenados no conceito mental, não conseguem tê-los na prática. Acabam deixando que aquilo que é urgente tome o lugar daquilo que é importante.” (Luciano P. Subirá)

Quando a nossa escala de valores não prioriza Deus e sim a vontade da nossa carne. Todo o tempo será preenchido por coisas que não podem preparar-nos para o céu. Quando invertemos os valores, Deus fica sempre do lado de fora. Uma escala de valores onde Deus não é prioridade, produz terríveis resultados, tais como: Desrespeito para com Deus; Falta de reverência na casa de Deus; Filhos desobedientes; Famílias separadas; Falta de conhecimento Bíblico; Apostasia na igreja; etc. As nossas prioridades, são definidas pelos nossos princípios, interesses do momento e também pelo nosso perfil de comportamento. Independente disto, há uma escala de valores a ser atendida que, se negligenciada, trará consequências para nós e para os que nos cercam.

A primeira prioridade de qualquer pessoa deve ser o relacionamento com Deus. Este ponto está seriamente abalado nos dias de hoje. Queremos nos conectar com todas as pessoas ao redor do mundo, menos com Deus. Para compensar fazemos muitas atividades assistenciais ou na igreja, para aliviar a nossa consciência. Este ativismo religioso ou social não significa que temos intimidade com Deus. Cada um de nós necessita ler a bíblia e orar. Sem isto não nos santificaremos e não veremos a Deus.

Se, nós, como igreja não nos preocuparmos em transmitir e conservar os valores cristãos, acabaremos nos secularizando, acabaremos sendo influenciados pelo mundo, adotando e adaptando princípios não bíblicos; transformando toda verdade absoluta em transitória, mutável, inconstante, assim como o mundo e, com isso, perderemos nossa característica como a “noiva de Cristo”, aquela que deve manter alva as suas vestes.

Deus deve ser aquele que precisa ocupar o primeiro lugar em nossa vida, em tudo e em todas as áreas. Erramos quando invertemos a ordem e começamos a colocar outras coisas ou pessoas, no lugar que deve ser ocupado apenas e unicamente por Deus. Assim, começa um processo que, se não corrigirmos a tempo, teremos conseqüências terríveis.
Muitas vezes, nos encontramos com receio de perder algo que temos: uma pessoa, um amigo, um bem, um relacionamento, etc. Normalmente esse temor nos leva a por aquilo tão perto de nós, que acabamos dando exagerada atenção. Quando nos damos conta da realidade, aquele algo se encontra no lugar de Deus em nossas vidas há muito tempo… O que ocorre é: pensamos que Deus quer nos tirar o que desejamos ter, mas de fato Ele não quer isso, contudo, quando colocamos algo no lugar de Deus estamos abrindo uma brecha para que o diabo possa roubar aquilo de nossas mãos.” (Tayara Teles)

Deus te abençoe.
Graça e paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.