A Terra foi formada para ser habitada.

Isaías 45: 18
Porque assim diz o Senhor que tem criado os céus, o Deus que formou a terra, e a fez; ele a confirmou, não a criou vazia, mas a formou para que fosse habitada: Eu sou o Senhor e não há outro

A Via Láctea é uma galáxia espiral, da qual o Sistema Solar faz parte. Vista da Terra, aparece como uma faixa brilhante e difusa que circunda toda a esfera celeste, recortada por nuvens moleculares que lhe conferem um intrincado aspecto irregular e recortado. Formada por centenas de bilhões de estrelas, a galáxia possui estruturas diferenciadas entre si. O Sistema Solar localiza-se a meia distância entre o centro e a borda do disco, que na verdade trata-se somente de uma estrutura menor entre dois braços principais¹.

O Sistema Solar compreende o conjunto constituído pelo Sol e todos os corpos celestes que estão sob seu domínio gravitacional. A estrela central, maior componente do sistema, respondendo por mais de 99,85% da massa total, gera sua energia através da fusão de hidrogênio em hélio, dois de seus principais constituintes. Todos os componentes do Sistema Solar descrevem órbitas elípticas ao redor do Sol, constituindo um sistema dinâmico onde os corpos estão em mútua interação mediada pela força gravitacional do corpo central que é o Sol².

A Terra é o terceiro planeta mais próximo do Sol, o mais denso e o quinto maior dos oito planetas do Sistema Solar. É por vezes designada como Mundo ou Planeta Azul. Lar de milhões de espécies de seres vivos, incluindo os humanos, a Terra é o único corpo celeste onde é conhecida a existência de vida³.

Outro dia, numa conversa informal com um irmão, falávamos da imensidão do universo e, começamos a fazer comparações em escala de tamanho para verificarmos o que representa o ser humano em relação ao universo. A conclusão, óbvio, não podia ser outra – o ser humano não representa nada em relação à extensão da obra que Deus criou. Quando Davi indagou sobre o que é o ser humano para que Deus se lembrasse dele, ele apontava para isso, pois não passamos de uma “poeirinha cósmica”.

Diante da ínfima parte que representamos em toda a criação de Deus, é inconcebível que existam pessoas que atribuem à existência de todas as coisas a um evento ocasional (Big Bang). Muitas perguntas ainda estão sem uma resposta concreta sobre o planeta que habitamos e, alguns prepotentes, dizem ter respostas para questões que envolvem o universo. Muitos falam e se estribam em teorias, porém, o homem sensato se cala, pois: – “Na verdade, falei do que eu não entendia, coisas que são maravilhosas demais para mim, coisas que eu não conhecia”.

Com toda certeza, não temos respostas para muitas perguntas de cunho cientifico, contudo, ainda que não entendamos o funcionamento de muitas coisas; ainda que não entendamos a razão pela qual todos os corpos celestes permanecem na mesma órbita; e, ainda que não compreendamos, em toda a extensão do universo, a razão pela qual só exista vida na Terra, estamos em paz, pois diante de tanta especulação sabemos que há um Deus, e Ele declarou: “Quem então será capaz de se erguer diante de mim? Quem primeiro deu algo a mim, para que eu tenha de retribuir-lhe? Pois o que está debaixo de todos os céus é meu”.


Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
-1- https://pt.wikipedia.org/wiki/Terra
-2-https://pt.wikipedia.org/wiki/SistemaSolar
-3- https://pt.wikipedia.org/wiki/Vialactea

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.