Todo cristão, diariamente, enfrenta uma batalha espiritual.

Efésios 6: 11
 “Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo”.

Temos visto nestes últimos tempos uma grande e espantosa atividade demoníaca, entretanto, isso não é uma situação que possa alarmar o crente fiel, pois está descrito na Palavra do Senhor que assim seria o fim dos tempos. Isso se deve ao fato de que nestes últimos tempos está havendo uma expansão e difusão de assuntos tais como: ocultismo, imoralidade, violência e crueldade; há, também, um declarado ataque a Palavra de Deus e a sã doutrina – “Mas o Espírito expressamente diz que, nos últimos tempos, apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios”. O maior surto de atividade demoníaca ocorrerá através do Anticristo e seus seguidores – “Então, será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca e aniquilará pelo esplendor da sua vinda; a esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais, e prodígios de mentira”.

Há uma promessa de Jesus aos genuínos crentes. Que promessa? Jesus nos garantiu autoridade sobre o poder de Satanás e das suas hostes. Ao nos depararmos com eles, devemos aniquilar o poder que querem exercer sobre nós e sobre outras pessoas, confrontando-os sem trégua pelo poder do Espírito Santo – “Eis que vos dou poder para pisar serpentes, e escorpiões, e toda a força do Inimigo, e nada vos fará dano algum”. Desta maneira, podemos nos livrar dos poderes das trevas. Mas, em que condições devemos estar para resistirmos às essas forças demoníacas?

“Revestidos de toda a armadura de Deus”. Todo crente deve estar ciente de que a “armadura” que Deus nos fornece, não é apenas um acessório para ser usado em ocasiões especiais. Por não sabermos quando e nem onde o inimigo vai atacar, devemos estar revestidos o tempo todo desta armadura. Ela não é um artefato de guerra somente, mas, um meio pelo qual o crente tem a capacidade de estar resistente aos ardilosos ataques do diabo.

Precisamos estar revestidos da armadura de Deus, pois não estamos num conflito contra a carne e o sangue, mas contra forças espirituais do mal – “Porque não temos que lutar contra carne e sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais”. O revestimento da armadura nos permite viver diante de Deus uma vida fervorosamente dedicada à sua verdade e justiça – “Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça”. Estando revestidos desta armadura, podemos crer que o poder de Satanás pode ser aniquilado seja onde for o seu domínio – “Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno”.

O crente que está revestido da armadura de Deus, consegue proclamar o evangelho do reino, na plenitude do Espírito Santo – “Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus”, e, assim, confrontar Satanás e o seu poder de modo direto, pela fé no nome de Jesus ao usar a Palavra de Deus, ao orar no Espírito – “Orando em todo tempo com toda oração e súplica no Espírito e vigiando nisso com toda perseverança e súplica por todos os santos”.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
-Bíblia de Estudo Pentecostal – PODER SOBRE SATANÁS E OS DEMÔNIOS (pag. 1466)

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.