O Espírito Santo é Deus e Senhor.

II Coríntios 3: 17
 “Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade”.

Cremos conforme a doutrina ortodoxa da Sagrada Escritura que nos revela acerca da Trindade Divina que o Pai, o Filho e o Espírito Santo são Deus. O Espírito Santo que procede do Pai e do Filho é da mesma substância, majestade e glória que a do Pai e do Filho, e verdadeiro e Eterno Deus – “Mas, quando vier o Consolador, que eu da parte do Pai vos hei de enviar, aquele Espírito da verdade, que procede do Pai, testificará de mim”. Ora, se o Espírito Santo chama-se o Espírito do Pai porque procede do Pai, é igualmente claro que Ele se chama o Espírito do Filho, porque procede também do Filho.

A Bíblia Sagrada afirma categoricamente que Deus é um e só um em natureza ou essência e, está declarado, sem a menor sombra de dúvida ou variação, que Deus se manifesta sob a característica de três pessoas distintas, contudo, as três são chamadas de Deus, pois possuem as mesmas características essenciais. Isso nos remete a compreender que tanto o Pai, como o Filho e o Espírito Santo possuem distintamente intelecto, vontade e sentimentos.

Doravante veremos a razão do Espírito Santo ser Deus. A Sua deidade está indicada pelo fato de que Ele possui os nomes de Deus; Ele tem os atributos de Deus; Ele executa os atos de Deus; e, por fim, Ele está associado com Deus nas bençãos e “fórmulas” batismais.

Quanto ao nome de Deus, a Bíblia nos oferece inúmeras evidências, inquestionáveis, de que o Espírito Santo é o próprio Senhor. Em Atos dos Apóstolos, Pedro, sem nenhuma hesitação ou dúvida do que estava falando, declarou que o Espírito Santo é Deus – “Disse, então, Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo… Não mentiste aos homens, mas a Deus”; Paulo, na sua carta aos Coríntios, ensinando sobre a diversidade dos dons, fala, também, com autoridade e firmeza que o Espírito Santo é Deus – “Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos”.

Todos os atributos que são designados a Deus, consequentemente, o Espírito Santo os possui, isto é comprovado na carta aos Romanos – “Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte”; nos Salmos – “Para onde me irei do teu Espírito ou para onde fugirei da tua face?”; na carta aos Hebreus – “Quanto mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará a vossa consciência das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo?”; enfim, inúmeras passagens bíblicas testificam da deidade do Espírito Santo.

Embora existam alguns atos da Deidade que são inerentes a cada Pessoa de Deus, todavia, em alguns atos há a operação das três Pessoas, como por exemplo: na criação – “O Espírito de Deus me fez; e a inspiração do Todo-Poderoso me deu vida”; na redenção – “E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o Dia da redenção”; e, além de outros atos, o da concessão de dons sobrenaturais – “E todos foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem”.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz. 

Referências:
– Teologia Sistemática – Norman Geisler
– Manual Prático da Teologia – Eduardo Joiner

Compartilhar

One thought on “O Espírito Santo é Deus e Senhor.

  • 1 de janeiro de 2021 em 12:02
    Permalink

    Excelente comentário e boas referências, Deus continue abençoando

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.