A Bíblia nos exorta a viver prudentemente, e não como néscios.

Efésios 5: 15-16
 “Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo, porquanto os dias são maus”.

A Bíblia é o Livro de regra e prática da fé do crente, certo? Então, devemos crer que ela foi escrita para nós, não que seja exclusivamente para nós, porém, é somente o crente quem crê em tudo quanto ela diz. Desta forma, todas as promessas que ela contém se aplicam aos que creem nela; todas as instruções que encontramos nela acerca da conduta do homem diante de Deus e da sociedade, só interessam aos que creem em todo seu conteúdo; e, por fim, todas as exortações somente surtirão efeito na vida dos que acreditam piamente nela. Para o ímpio ou cético a Bíblia não passa de um livro histórico como outro qualquer.

A exortação de Paulo, no texto bíblico acima, não atingia todos os cidadãos de Éfeso, mas somente os crentes da igreja. “Vede prudentemente” aponta para um autopoliciamento na conduta cristã tanto dentro da igreja quanto fora dela. É, praticamente, inaceitável e impossível que alguém tendo pleno conhecimento da Palavra de Deus continue se portando como as pessoas do mundo. Quando falamos em “pessoas do mundo” não estamos generalizando. Não estamos dizendo que todas as pessoas do mundo se comportam de maneira reprovável. Não estamos falando de atitudes, mas de natureza.

Aquele que adquire sabedoria através da Sagrada Escritura, de maneira nenhuma, essa sabedoria vai conduzi-lo a um comportamento incoerente com o que aprendeu. Ser prudente não quer dizer que nunca se cometerá algum erro. Ser prudente significa que antes de tomar alguma decisão, todas as probabilidades serão avaliadas. Andar prudentemente não se aplica em andarmos apenas nos melhores caminhos, fala, acima de qualquer coisa, da maneira como se comportar mesmo diante dos empecilhos e espinhos. Em suma, se adquirimos sabedoria, então nos portemos como sábios.

Por outro lado, o néscio é o tipo de pessoa que é desprovido de conhecimento, de discernimento; aquele que não tem aptidão ou competência; incapaz, inepto. Ao apontar para o néscio, Paulo não está fazendo alusão somente às pessoas do mundo. Existem muitos néscios dentro das igrejas. É o tipo de pessoa que carrega uma Bíblia para não possui nenhum conhecimento sobre ela; é alguém que, mesmo já tendo lido a Bíblia algumas vezes, não sabe discernir nada do que leu; é o tipo de pessoa que está na igreja desde o “berço” e não tem nenhuma aptidão ou competência para ser útil na obra.

A Bíblia é a revelação de Deus à humanidade. Tudo que Deus tem para o homem e requer do homem, e tudo que o homem precisa saber espiritualmente da parte de Deus quanto à sua redenção, conduta cristã e felicidade eterna, está revelado na Bíblia. Deus não tem outra revelação escrita além da Bíblia.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– A Bíblia através dos Séculos, Pr. Antônio Gilberto.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.