Devocional lição 01/ 2º trim 2017, Terça-feira – Jesus transforma água em vinho.

João 2:1-12
“… Jesus principiou assim os seus sinais em Caná da Galiléia e manifestou a sua glória, e os seus discípulos creram nele …”

Este foi, de acordo com a infalível Palavra de Deus, o primeiro milagre feito por Jesus. Esse fato comprova, inequivocamente, a falsidade das histórias sobre milagres realizados por Jesus em sua infância. Tais histórias não passam de fábulas supersticiosas, que devem ser rejeitadas por todos os que aceitam a autoridade da Bíblia.

Os seis discípulos que creram em Jesus, estavam dando o primeiro passo de uma caminhada que se estenderia por toda a vida, sem que Jesus lhes fizesse alguma promessa que fosse recompensadora para esta vida. Nós, que temos em mãos os relatos dos Evangelhos em sua totalidade, não damos o devido valor a esses acontecimentos, mas para os discípulos, cada dia e cada novo acontecimento revelavam maravilhas difíceis de compreender.
Jesus era totalmente desconhecido. Somente Maria, sua mãe, sabia quem Ele era de fato. Ele não era o convidado principal desta festa. Segundo os estudiosos, ele foi convidado, muito provavelmente, por causa de Maria, sua mãe (no relato se comprova que Maria era muito próxima da família).
Os casamentos judaicos duravam sete dias, o noivo deveria abastecer a despensa para essa ocasião, tendo o cuidado para que não faltasse comida nem bebida durante a festa, pois isso era uma afronta e grosseria com os convidados, podendo acarretar grandes prejuízos financeiros e sociais para tal família. A presença de Jesus, nesta festa, foi providencial. Maria leva o problema até Jesus, mas não diz a Ele o que fazer, apenas mostra que aquela família estava com um problema, e manda os empregados a obedecerem às suas ordens.

Ao dar aquela resposta a Maria, Jesus estava dizendo a ela que, a relação que tinham até aquele momento chegara ao fim, os interesses de ambos, doravante, são distintos, a missão que Ele tinha não envolvia os interesses dela, mas unicamente os do Pai. Maria, como a Palavra de Deus testemunha dela, mais uma vez pôs em pratica sua sabedoria e calou-se, ela entendeu completamente o recado DEle e concluiu que se não podia dar ordens a Ele, daria aos empregados.
O milagre realizado por Jesus nesta ocasião, gera muitas controvérsias. Dos muitos comentários que há em ralação a este milagre, devemos permanecer numa posição onde a verdade seja exposta a luz da Bíblia, e a Palavra de Deus diz que a água que foi transformada em vinho, foi a que foi tirada dos recipientes, não diz que toda a água foi transformada, e essa palavra se aplica bem ao ensino deste trimestre que fala sobre o caráter cristão.
Por mais que voltemos para a vida cristã e que coloquemos em pratica todos os ensinos da Palavra de Deus; por mais que nos dediquemos a obra do Senhor e cumpramos todos os seus mandamentos; por mais que abneguemos nossa vida e vivamos em função do próximo e por mais que testemunhemos do amor de Deus, mesmo assim, ainda seremos imperfeitos. A marca do pecado ainda estará em nós e só alcançaremos a perfeição, naquele Grande Dia.

Nós somos essas “talhas”, e o nosso caráter de crente, não deve estar atrelado ao recipiente, mas ao que sai dele. O nosso caráter de crente não deve ser conhecido apenas pelo exterior, mas sim pelo que sai do nosso coração, “Nisto conhecereis que sois meus discípulos”.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.