Devocional lição 04/ 2º trim 2017, Quinta-feira – Pela fé, Abraão, sendo chamado obedeceu a Deus.

Hebreus 11:8
Pela fé, Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia

“O homem, depois de dia exaustivo, chega em casa com um semblante diferente do habitual, e diz para a esposa:
– Meu bem! Arruma tudo, pois vamos mudar.
A esposa sem entender, pois, fora pega de surpresa, pois não haviam cogitado essa possibilidade, não fazia muito tempo eles tinham vida de sua terra natal e com uma expressão de surpresa e totalmente atônita, ela responde:
– Amor, que decisão é essa? Você não faz nada sem me consultar, e como decidiu isso sem antes falar comigo? Aconteceu alguma coisa?
O marido, provavelmente, com receio de expor a verdade, apenas diz que precisavam se mudar para outro lugar.

A esposa com todos os direitos que lhe são atribuídos, pois os que eram distintos agora se tronaram uma só carne, insiste em saber quais os reais motivos que levaram o marido a tomar aquela decisão, pois afinal de contas, ninguém toma uma decisão tão séria como essa, de uma hora para a outra e sem um motivo que lhe vá beneficiar. O marido vendo-se contra a parede, não tendo como ocultar as razões da sua decisão, responde:
– Recebi uma proposta maravilhosa. É algo muito grande, que vai mudar nossa sorte definitivamente. Serei alguém a quem os homens honrarão, teremos muitos bens e muitos empregados em nossa casa, teremos condições financeiras para tratar a sua doença, e fazendo isso, teremos nossa casa cheia de filhos, tantos filhos que perderemos a conta. Não podemos perder essa oportunidade.
Nesta hora percebe-se um brilho no olhar da esposa, pois, sem dúvidas, ela era obrigada a concordar com a idéia do marido. Ela, antecipadamente, vislumbrava a solução de seus problemas e, finalmente poderia cuidar de si mesma, e quem sabe, até curar-se da sua doença. Então, já com um tom de voz mais ameno, dando a entender que já concordara com a decisão do marido, ela faz duas perguntas:
– Quem te fez essa proposta e para onde vamos?
O marido convicto de que tinha convencido a esposa a aceitar sua decisão, responde com toda sinceridade:
– Quem me fez a proposta foi Deus e não sei para onde Ele vai nos levar, mas uma coisa é certa, EU CONFIO NA PALAVRA DELE”.

Acredito que esse seria o diálogo entre Abraão e Sara se eles fossem nossos contemporâneos.
Abraão é o pilar da nação israelita. Ele foi a semente que foi lançada no solo e que tinha sobre si a responsabilidade de obedecer a tudo quanto lhe foi ordenado por Deus, para que as promessas pudessem se cumprir. De um homem apenas, fez Deus uma grande nação.
Abraão, a despeito de ter crescido num ambiente pagão, foi eleito por Deus para ser o precursor dos israelitas. Nesse ato de Deus, ficam evidenciados sua misericórdia e graça.
O relacionamento entre Abraão e Deus era tão intenso e sólido que o Senhor Deus não se referia a Abraão como servo, mas como amigo, pois, numa amizade sincera e verdadeira não há razão para duvidar do caráter de ambos os envolvidos no relacionamento. Deus via em Abraão alguém que não duvidava do que Ele falava e, Abraão via em Deus alguém que não usava as palavras apenas para lisonjear.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton Figueiredo

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.