Devocional lição 06/ 2º trim 2017, Sábado – O Senhor paga a lealdade.

I Samuel 26:23
O SENHOR, porém, pague a cada um à sua justiça e a sua lealdade; pois o SENHOR te tinha dado hoje na minha mão, porém não quis estender a minha mão contra o ungido do SENHOR

Se a história de Davi terminasse antes do episódio com Urias e Bate-Seba, eu diria que ele seria o maior exemplo, humano, de lealdade. Davi não usa a lança de Saul contra ele, mas Saul, imediatamente, entendeu o recado. Saul tomado de ciúme e inveja expulsou Davi do país. Então, Saul, presumidamente, confessa seu pecado, e abandona sua perseguição, a fim de que Davi possa voltar em segurança ao lugar de adoração. Uma vez que Davi considera preciosa a vida de Saul, Saul promete considerar a vida de Davi da mesma forma. 

Davi não tomou os pertences de Saul afim de se apropriar deles, mas para demonstrar a Saul o quanto ele estava vulnerável mesmo estando guardado pelo temido exército de Israel. Davi mostra para seus perseguidores que é o Senhor quem retribuirá a justiça e lealdade de cada um. Embora o Senhor entregou Saul em suas mãos, Davi não lhe causou nenhum dano, pois Saul era o ungido do Senhor, antes de demonstrar lealdade ao rei Saul, ele demonstrou que era extremamente leal a Deus. Portanto, Davi espera que a recompensa por sua atitude nesta noite venha do Senhor e não de Saul.

Mais uma vez, Davi tentou argumentar com Saul e lhe mostrar como estava errado em sua forma de pensar e de agir, afinal de cotas, no início eles eram amigos. Davi desejava saber qual havia sido seu crime para que Saul o perseguisse a ponto de querer sua morte.
Lealdade é uma das características fundamentais no relacionamento. Davi foi um amigo fiel mesmo quando Saul, o seu rei, quis matá-lo. Davi teve outra oportunidade de matar Saul quando este entrou numa caverna para aliviar o ventre. Davi estava lá e podia matá-lo, mas a Bíblia diz que ele só cortou um pedaço do seu manto. Naquela hora o coração de Davi se comoveu por ter cortado o manto do ungido de Deus. Saul já era um homem que consultava mortos, um homem totalmente pervertido, mas Davi não tocou nele por causa da aliança. Davi tinha um coração leal.

Findando esta semana de devocionais, cujo tema é a LEALDADE, te convido a sermos como Davi e Jônatas, que não tinham um coração dividido. A Bíblia fala sobre pessoas inconstantes, que em um dia estão “para o que der e vier”, em outro desaparecem. Vamos ser pessoas leais, fieis as nossas alianças. Vamos ser fiéis à igreja que nos ajuda, à igreja que ministrou em nossas vidas, ao nosso líder que tem cuidado de nós.

Se formos leais, de princípios, teremos uma família leal, uma família de princípios. Saul estava vulnerável. Davi podia tê-lo matado e ido para o trono, mas ele não fez isso. Vamos ser leais. Leais ao nosso cônjuge, ao nosso casamento, a nós mesmos. Tenha certeza de uma coisa: só Deus pode fazer isso em nossas vidas. Ele é capaz de curar nosso coração ferido.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.