Devocional lição 09/ 2º trim 2017, Sábado – Quando a Igreja ora, Deus sara a terra.

II Crônicas 7:14
E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra

Este versículo bem conhecido e amplamente citado, declara que para Deus nos abençoar, Ele requer algumas atitudes por parte do necessitado: Ele requer humildade, oração, devoção e arrependimento. Enquanto essa promessa foi originalmente dada ao Rei Salomão com respeito ao povo de Israel, ela é certamente aplicável a todo aquele, em qualquer tempo da história, que invocam o Senhor em arrependimento e fé. Este versículo é uma alta expressão da vontade de Deus para ouvir as orações de um povo arrependido.

A oração é a base de um relacionamento crescente com Deus, e sem a oração o relacionamento nunca vai realmente crescer. Devemos ter uma conexão mais profunda com Deus se algum dia quisermos experimentar o avivamento em nossas vidas e em nossas igrejas. Cada dia tomamos uma decisão, de cultivar e crescer esse relacionamento com Deus, ou de estar satisfeitos onde estamos em nosso relacionamento com Ele. Avivamento não é nada mais do que Deus entrando em uma relação conosco e preenchendo-nos com Sua presença e poder de uma nova maneira. Se não estamos desenvolvendo este relacionamento com Deus, nunca iremos experimentar um avivamento pessoal. E precisamos de muitas pessoas com este tipo de compromisso para ter um avivamento na igreja. Uma das principais razões pelas quais as igrejas, atualmente, raramente veem o agir de Deus é porque elas não o querem o suficiente. Há um preço pessoal que tem que ser pago para encontrar avivamento. É a submissão ao Espírito Santo e, em seguida, obediência ao que o Espírito diz. As igrejas hoje em dia não estão vendo Deus se movendo porque as pessoas pararam de procurar.

E buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração

 Judá estava vivendo um período em que toda a nação estava distante dos caminhos de Deus. O livro da Lei tinha sido “esquecido” dentro do próprio templo. A Palavra de Deus tinha sido esquecida, Judá estava vivendo segundo os costumes e tradições religiosas. Ao tomar conhecimento do Livro da Lei, Josias toma uma nova postura.
O avivamento nunca vai acontecer na nossa vida, até que deixemos os nossos pecados. Quando reconhecemos nossa atitude errada e confessamos, renovamos o nosso relacionamento com Deus e Ele nos liberta. Se queremos que as nossas igrejas vejam avivamento, hoje é o dia para buscar o Espírito Santo. Se queremos que a nossa comunidade veja um poderoso derramamento do Seu poder, hoje é o dia para buscar Jesus. Se hoje Deus está batendo na porta do nosso coração, precisamos nos humilhar, orar e buscar a face de Deus, desviar de nossos maus caminhos e Ele nos ouvirá dos céus, e Deus perdoará os nossos pecados e curará nossas vidas, famílias, igrejas, comunidades e nosso país. E pode haver mais uma vez um grande avivamento.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.