Devocional lição 02/ 3º trim 2017, Sexta-feira – Deus criou todas as coisas segundo a sua soberana vontade.

Apocalipse 4:11
Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder, porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas

É triste ver que muitos crentes nos dias de hoje, muitas vezes, deixam de adorar o Deus da criação para adorar a criação de Deus. A verdadeira resposta aos problemas ecológicos bem como os que envolvem todo ecossistema, não é de caráter financeiro nem legal, mas sim espiritual. Esses problemas serão resolvidos somente quando o ser humano reconhecer o Criador e começar a usar a criação para a glória de Deus. 

A atividade de Deus não está limitada apenas à criação do mundo, mas também na sua sustentação. Deus é o Criador e Sustentador de todo o universo. Deus não só causa o universo vir a existência, Ele também causa a continuidade da existência. As coisas se originaram NEle e são operadas por Ele. Os atos de origem são sempre atos imediatos de Deus, ou seja, Deus não somente ordenou que viessem a existir, mas que tivessem a existência continuada.
Deus exerce controle providencial geral e particular sobre cada criatura. Até o mal é permitido para um fim bom. Nada em toda a criação escapa do olhar cuidadoso e da preocupação amorosa de Deus.

Toda vida existe porque Deus quis que existisse. Lucas declara em Atos dos Apóstolos que “Ele mesmo é quem dá a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas”. O ciclo da vida de todos os seres está interligado entre si na cadeia alimentar. Deus ordenou que a forma de vida mais alta se alimentasse da forma de vida mais baixa, e que o homem teria provisão de comida e roupa, se, e somente se, cuidasse destas vidas. A vida foi criada com grande abundancia e diversidade. A terra e os mares fervilharam de seres vivos.

Deus criou e proveu subsistência para que houvesse a continuação da vida. Do menor ao maior ser vivo, nenhum deles ficaram sem o cuidado de Deus. E, da mesma forma como Deus ordenou a existência de cada ser, eles permanecem até hoje. É o mesmo padrão desde o princípio e continua até hoje.

Nasce o sol, e o sol se põe, e apressa-se e volta ao seu lugar de onde nasceu. O vento vai para o sul, e faz o seu giro para o norte; continuamente vai girando o vento, e volta fazendo os seus circuitos. Todos os rios vão para o mar, e contudo o mar não se enche; ao lugar para onde os rios vão, para ali tornam eles a correr. Todas as coisas são trabalhosas; o homem não o pode exprimir; os olhos não se fartam de ver, nem os ouvidos se enchem de ouvir

Do ponto de vista humano, nada parece mais permanente e duradouro do que o planeta em que vivemos. Com toda a sua diversidade, a natureza é uniforme o suficiente em seu funcionamento para que sejamos capazes de descobrir suas “leis” e de usá-las em nosso favor. A natureza é permanente, enquanto o homem é transitório e não passa de um peregrino na terra.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.