Devocional lição 05/ 3º trim 2017, Quinta-feira – O Espírito Santo regenera.

Tito 3:5
Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas, segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo

A obra criadora do Espírito sobre a alma ilustra-se pela obra criadora do Espírito de Deus no princípio sobre o corpo do homem.
Voltemos à cena da criação apresentada em Gên. 2:7. Deus tomou o pó da terra e formou um corpo. Ali jazia inanimado e quieto esse corpo. Embora já estando no mundo, e rodeado por suas belezas, esse corpo não reagia porque não tinha vida; não via, não ouvia, não entendia. 

Então “Deus soprou em seus narizes o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente”. Imediatamente tomou conhecimento, vendo as belezas e ouvindo os sons do mundo ao seu redor. Como sucedeu com o corpo, assim também sucede com a alma. O homem está rodeado pelo mundo espiritual e rodeado por Deus que não está longe de nenhum de nós. No entanto, o homem vive e opera como se esse mundo de Deus não existisse, em razão de estar morto espiritualmente, não podendo reagir como devia. Mas quando o mesmo Senhor que vivificou o corpo vivifica a alma, a pessoa desperta para o mundo espiritual e começa a viver a vida espiritual. Qualquer pessoa que tenha presenciado as reações dum verdadeiro convertido, conforme a experiência radical conhecida como novo nascimento, sabe que a regeneração não é meramente uma doutrina, mas uma realidade prática.

As palavras “novo nascimento” têm se tornado comuns nos círculos religiosos hoje em dia. Sabendo que Satanás é um mestre para redefinir termos bíblicos é necessário portanto reafirmar continuamente o significado bíblico destas palavras.
O homem não só precisa de perdão para que tenha comunhão com Deus, como também a sua natureza deve ser renovada. O homem caído é natural, sensual e carnal, o oposto ao espiritual. Cristo revela que há uma distinção imutável entre o que é nascido da carne e o que é nascido do Espírito. A carne pode ser religiosa, refinada, educada e ter aparência moral, mas ainda é carne. Cada parte do homem natural é corrompida pelo pecado. A sua mente é entenebrecida às coisas de Deus. Seu coração está numa condição de inimizade contra Deus. A sua vontade é livre somente para cumprir os desejos de uma natureza depravada. A carne torna-se completamente inútil para as coisas de Deus.

A mudança exigida pela alma do homem capacitando-o a entrar no reino de Deus é chamada “regeneração”, “nascer de novo” ou “nascido do Espírito”. A regeneração é uma obra processada pelo Espírito de Deus pela qual uma disposição santa é dada à alma. As afeições são renovadas pelo amor a Deus, e a mente é iluminada e capacitada para o entendimento do reino espiritual. Assim como a mudança que acontecerá na terra durante o milênio é chamada regeneração, o novo nascimento é a renovação da alma do homem.

A regeneração não é produzida pelo batismo, pela vontade humana, ou qualquer outra obra, mas é uma obra especifica de Deus na alma. Como o vento (poderoso, fora do controle do homem e invisível) esta obra não é produzida, controlada ou entendida pelo homem. Esta obra é uma ação de Deus sobre a alma. Mesmo que Deus venha a usar meios para salvar os eleitos, deve ser entendido que a própria regeneração não é um esforço conjunto. A Bíblia apresenta o novo nascimento como imperativo e não como mandamento.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.