Devocional lição 11/ 3º Trim 2017, Sábado – Jesus em breve virá.

Resultado de imagem para jesus viráApocalipse 22:20
Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente, cedo venho. Amém! Ora, vem, Senhor Jesus!”

Quando proferiu o seu sermão escatológico, Jesus o concluiu com 09severas advertências a respeito da vigilância, demonstrando, assim, que seu objetivo, em revelar tudo o que havia revelado aos discípulos, era senão o de despertar neles o cuidado e a vigilância: ”E as coisas que vos digo digo-as a todos: vigiai”. Em seguida, o Senhor Jesus, também, nos adverte: “Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir”. O Senhor nos deixou este mandamento pouco antes do inicio de sua paixão, morte e ressurreição. 

Mas, o que significa vigiar?
Se formos a um Dicionário da Língua Portuguesa, perceberemos que a palavra “vigiar” tem diversos significados, mas todos eles devem ser enfrentados para que entendamos o que o Senhor Jesus tem a dizer a respeito do tema, pois as Escrituras devem ser conhecidas em cada detalhe. Há sete principais definições de “vigiar”, a saber: observar com atenção; estar atento a; observar secreta ou ocultamente; espreitar, espionar; cuidar com atenção; olhar por; velar; fazer fiscalização de; controlar, verificar; permanecer atento; alerta ou desperto; ficar de sentinela, de guarda, de atalaia; estar alerta, não dormir.  

Quem vigia é quem observa com atenção, que está atento. O Senhor revelou-nos o que irá acontecer para que os crentes sejam observadores, a fim de que, com olhos espirituais, identifiquem e detectem nos acontecimentos do dia-a-dia a iminência, a proximidade da volta de Jesus. Jesus, jamais foi uma pessoa alienada, estava bem informado a respeito dos fatos e deles se aproveitava para pregar o Evangelho.

O crente deve ser alguém que tenha discernimento, que possa ver além da superficialidade, que investiga o lado espiritual dos acontecimentos. O crente tem a mente de Cristo, ou seja, tem acesso à profundidade das riquezas da sabedoria e da ciência de Deus e, portanto, estando em comunhão com o Senhor, deve saber interpretar os acontecimentos sempre pelo ponto-de-vista espiritual.

O crente deve cuidar da sua vida espiritual, da sua comunhão com Deus, da sua salvação. A salvação é algo que tem de ser preservado, conservado, como nos ensina a Bíblia Sagrada, pois somente aquele que perseverar até o fim será salvo.

O crente vigilante é aquele que vive conferindo a santidade, não a santidade dos outros, pois o crente não deve julgar o semelhante, pois esta é uma tarefa exclusiva do Senhor, o único juiz – “Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz.”

A vigilância não é uma atitude episódica, um momento de reflexão ou de atenção transitório, periódico, como na semana da ceia do Senhor ou quando vamos ao culto ou a alguma reunião religiosa, mas uma atitude de vida, um modo de viver, um comportamento contínuo que deve ser uma constante até a vinda do Senhor.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.