Devocional lição 01 / 4º Trim 2017, Terça-feira – A tragédia da raça humana.

Imagem relacionadaGênesis 6: 5-7
E viu o SENHOR que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que toda imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente. Então, arrependeu-se o SENHOR de haver feito o homem sobre a terra, e pesou-lhe em seu coração. E disse o SENHOR: Destruirei, de sobre a face da terra, o homem que criei, desde o homem até ao animal, até ao réptil e até à ave dos céus; porque me arrependo de os haver feito

O maior propósito de Satanás ao longo de toda a história do Antigo Testamento, foi tentar impedir que a promessa feita por Deus, no Edém, se cumprisse. Deus havia declarado, abertamente, guerra contra ele, e, mesmo sabendo que até o final de todas as coisas ele é um derrotado, vai resistir insistentemente. A ideia de ter a cabeça esmagada não lhe agrada, no entanto, é algo do que ele não tem como fugir, adiar ou impedir. 

Um dos recursos mais bem-sucedidos de Satanás é a condescendência. Se ele consegue iludir o povo de Deus para que abandone sua posição privilegiada de separação do pecado e de comunhão com Deus, então pode corrompê-lo e levá-lo a pecar.
No tempo de Noé, o plano que satanás utilizou para derrotar o povo de Deus, foi levar a linhagem piedosa de Sete (“os filhos de Deus”) a misturar-se com a linhagem perversa de Caim (“as filhas dos homens”) e, assim, abandonar sua devoção ao Senhor. Trata-se da mesma tentação enfrentada pelos crentes dos dias de hoje: ter amizade com o mundo, amar o mundo e conformar-se com o mundo, em vez de separar-se dele.

Às vezes ouvimos as pessoas justificarem a maldade do homem, e, apontam para a tecnologia sofisticadíssima como a causa principal. Contudo, como podemos observar claramente na Bíblia, isso vem ocorrendo desde a queda do homem. No texto bíblico acima, podemos interpretar que a depravação era muito difundida, interna, contínua e habitual. O homem era inteiramente corrupto, mau de coração e na conduta. Não havia nada de bom nele. Toda a inclinação dos seus pensamentos e imaginação era completamente fora da linha da vontade de Deus. A carne estava no trono. Deus foi esquecido e francamente desafiado.

Então, arrependeu-se o SENHOR de haver feito o homem sobre a terra, e pesou-lhe em seu coração

Esta declaração diz que Deus experimentou tristeza que Lhe feriu o coração quando olhou para a trágica devastação que o pecado produzira, não que Ele não tivesse conhecimento antecipado dos fatos. Mesmo conhecendo o rumo da toda a história, por causa do seu amor incondicional, a cena deprimente da situação da humanidade Lhe feriu o coração. A obra de Suas mãos fora distorcida e arruinada, e mesmo através de tudo isto, o amor de Deus brilhava claramente, mesmo quando o retumbar do juízo divino começou a ameaçar os habitantes da terra.

A perversidade do homem era grande, e toda a imaginação de todos os seus pensamentos era exclusiva e continuamente perversa. Diante desta situação um decreto divino foi determinado: Destruição total de toda espécie de vida. Todavia, a justiça divina não visa só em punir o pecador, mas também poupar o fiel.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Fonte: W.W. Wiersbe

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

2 thoughts on “Devocional lição 01 / 4º Trim 2017, Terça-feira – A tragédia da raça humana.

  • 5 de outubro de 2017 em 15:18
    Permalink

    Caro colega, paz.
    Coloque os créditos do autor. Fica parecendo que o texto é do irmão.
    Essas palavras pertencem a Warren-W-Wiersbe
    Ótimo dia

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.