A mensagem de Deus deve ser acompanhada pela obediência.

Imagem relacionadaHebreus 4: 6
Visto, pois, que resta que alguns entrem nele e que aqueles a quem primeiro foram pregadas as boas-novas não entraram por causa da desobediência

A coisa mais comum entre os crentes, ultimamente, é encontrarmos alguns duvidando da veracidade da Bíblia. Geralmente quando são colocadas duvidas na veracidade da Palavra de Deus, é porque estão querendo colocar compressas quentes sobre pecados. Apontam para os escritores sacros dizendo que são homens comuns e, portanto, suscetíveis a falhas. Em outras palavras, tais pessoas estão e desobediência e querem se apoiar na Bíblia para justificar a sua atitude.

“Certamente não morrerás.” Essa foi a investida de Satanás sobre Eva e, quero agora, esmiuçar essa frase, de forma que ela fique melhor compreendida. Essa frase usada pelo diabo para enganar Eva pode ser substituída por alguns jargões gospel dos nossos dias, tais como: “quem tem promessa não morre”; “Deus tem o melhor para você”; “Você nasceu para ser cabeça, não cauda!”; “Nada vai impedir que você seja um conquistador.”; “Você precisa tomar posse da benção!”; “Deus vai te dar unção dobrada…”; “O melhor de Deus ainda está por vir”; enfim, a lista é interminável e, o que o diabo estava dizendo para Eva, e que ecoa até nosso dias, é que Deus é amor e não vai punir ninguém, ou seja, Deus está blefando a respeito de enviar as pessoas para o inferno. Até certo ponto, o diabo está certo. Realmente, Deus não vai mandar ninguém para o inferno, as pessoas estão indo com as próprias pernas e, deliberadamente, por sua própria vontade.

Em toda a Bíblia, nós vemos que, mesmo com toda rebeldia do povo, quando eles se propunham em obedecer, Deus os livrava das mãos do inimigo; Deus providenciava tudo quanto era necessário para a manutenção da vida; Deus os sustentava apesar da dura cerviz. Por causa dos fiéis, Deus agia com misericórdia, longanimidade e benignidade. Entretanto, na questão da salvação, Deus não agirá com a mesma benevolência, Ele não salvará alguns por causa da fé e obediência de outros. Haverá um dia em que cada homem, cada mulher sejam crianças ou idosos, INDIVIDUALMENTE, cada um responderá por si.

Para que entremos no descanso eterno, é necessário e indispensável cumprirmos todas as exigências bíblicas. A vida do crente não é um teste de múltipla escolha. Todas as orientações e exigências de Deus são para serem cumpridas na íntegra, não há como optarmos pelo que melhor nos convém. A vida do crente é uma vida de renúncias e, quando o crente vive desta forma, ele o faz por livre e espontânea vontade, ele o faz pelo simples prazer de ser obediente a Deus. O crente que renuncia a própria vida tem a plena convicção de estar satisfazendo e alegrando o Eterno Deus, por que Deus tem prazer naquele que, voluntariamente, se dispõe a obedecer Sua Palavra.

Nossa suprema necessidade é a de prosseguir conhecendo a Deus, pois, não existe outra forma de alguém obedecer e servir aquele a quem não se conhece. Deus se permite ser conhecido de todos aqueles que fazem desta necessidade o alicerce da sua vida. Ele tem se revelado gloriosamente aos que obedientemente tem perseverado na Sã Doutrina da Palavra.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.