A mensagem de Deus dever ser acolhida com contrição.

Imagem relacionadaHebreus 4: 7
Determina outra vez um certo dia, Hoje, dizendo por0801 Davi, muito tempo depois, como está dito: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração.

Contrição significa: sentimento pungente de arrependimento por pecados cometidos e pela ofensa a Deus, mais pelo amor e gratidão à Deus do que pelo receio do castigo.

Já reparam nos cultos ou reuniões, que, enquanto o orador está lá na frente se esgoelando para se fazer ouvido, algumas pessoas estão com conversas paralelas, que na maioria das vezes não tem nada a ver com assunto em pauta? Algumas ficam “cutucando” aqueles cantinhos mal-acabados das unhas. Outras ficam foleando a Bíblia tentando encontrar algum texto inusitado para corroborar com o discurso do irmão, como que se precisasse de alguma confirmação bíblica para justificar o discurso. Também tem o grupinho que não abandona o celular em hipótese alguma, estão constantemente conectados na rede. Não perdem um “like” e nem uma “curtida”. O interessante deste grupinho do celular, é que eles acham que ninguém está percebendo o que estão fazendo. Outro dia, uma jovenzinha, no culto, abriu a Bíblia aleatoriamente e colocou o celular ligado em cima da página que ela estava supostamente lendo, e, ali na maior cara lavada “navegou” até o final do culto.

Sou do tempo em que só existia o telefone fixo. Era um luxo! Falar com alguém de tempos em tempos era maravilhoso. As pessoas iam para os cultos despreocupadas. Nunca vi, naquele tempo, um irmão ou irmã sair do culto as pressas por que estava esperando alguém ligar. Nunca ouvi e nem nunca vi, naquele tempo e até mesmo em nossos dias, alguém morrer ou perder a oportunidade de um grande negócio, por que não atendeu a uma ligação. O comportamento humano está deveras esquisito. O celular tornou-se um órgão vital para as pessoas, ninguém consegue sobreviver sem ele. Alguns mais entusiasmados alegam que não conseguem imaginar a vida sem ele. Esquecer a Bíblia em casa não é tão grave quanto esquecer o celular, e tem gente que atravessa a cidade inteirinha por causa deste. O pior disto tudo, é ver algumas pessoas que viveram na época do telefone fixo, serem as mais entusiasmadas com a tecnologia do celular. A minha repulsa é maior ainda, quando essa atitude vem daqueles que estão, lá na frente, fazendo uso da palavra. Uma mensagem do “whatsapp”, um “like” no “facebook”, uma seguida no “twetter” tornou-se mais prioritário que a Palavra de Deus. Nada no culto é mais importante que essas coisas.

A Palavra de Deus está sendo pregada e as pessoas não a estão recebendo como deveriam receber. Está explícito na Bíblia que todas as vezes que o povo ou alguém se voltada para a Palavra de maneira contrita, Deus estendia suas mãos e operava de forma sobrenatural. Quantas vezes Israel, se achando o tal, iam para uma guerra confiados na própria capacidade, e, após vergonhosa derrota, se voltavam para Deus e a Sua Palavra com arrependimento, e o Senhor, misericordiosamente, animava o povo e seguia adiante deles para a próxima batalha e concedia a vitória? O que dizer do eunuco Etíope que recebeu a Palavra de Felipe com tanta satisfação, com tanto prazer que não queria esperar nem mais um minuto para se tornar um crente? Que poder extraordinário tem a Palavra de Deus, que levava as pessoas a peregrinarem quilômetros para ouvi-la, pois criam que nela estava a solução para muitos problemas? Foi querendo experimentar esse poder que Cornélio enviou servos, numa peregrinação de, aproximadamente, 90 quilômetros (ida e volta) em busca desta Palavra e, a recebeu com profunda contrição e foi salvo ele e sua casa.

Não escondi a tua justiça dentro do meu coração; apregoei a tua fidelidade e a tua salvação. Não escondi da grande congregação a tua benignidade e a tua verdade.”

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.