A mensagem de Deus promove um descanso eterno.

Resultado de imagem para descanso eternoHebreus 4: 11
Procuremos, pois, entrar naquele repouso, para que ninguém caia no mesmo exemplo de desobediência.”

O descanso proporcionado por Josué foi terreno, temporário e incompleto. A tarefa de Josué não foi introduzir o povo numa terra já conquistada, totalmente equipada e preparada para habitar. O trabalho de Josué foi incentivar o povo a perseverar no objetivo de entrar na terra, a qual Deus prometeu a eles, mas que, a posse da promessa somente seria alcançada por esforço. O descanso prometido por Deus, independente se é terreno ou eterno, sempre está atrelado a obediência.

Além dos obstáculos naturais, Israel deveria vencer e expulsar os povos que, insistiam em permanecer na terra prometida. Foi dado a eles, minuciosa orientação, de como procederem para se apossarem da promessa, e, Josué estava à frente do povo, para assegurar que todas as orientações fossem cumpridas rigorosamente na íntegra.

O primeiro obstáculo era um fenômeno natural. O rio Jordão estava caudaloso, exatamente na época de ingressarem na terra prometida. Eles, até esperaram (três dias) que as águas baixassem para fazer da travessia algo mais tranquilo e menos arriscado, contudo, as águas do Jordão continuavam turbulentas. Josué, então, animou o povo a ouvir a “Voz” de Deus, e anunciou como seria o procedimento da travessia do Jordão. “Querem descanso? Então se esforcem por alcança-lo.” Se Josué tivesse dito essas palavras ao povo, com certeza, alguns entendê-la-iam erroneamente, e, pode ser que, tentassem a travessia por seus próprios meios e capacidade, contudo, uma ordem dada foi: “SANTIFICAI-VOS”. Esta é a mesma ordem que recebemos, para que um dia possamos ver Deus. Porém, esse “ver Deus”, não se aplica unicamente em ver o manifestar do seu poder nos cultos, mas, contempla-lo face-a-face na Sua eternidade. O nosso dever e obrigação é estar aptos para receber o que Deus nos tem prometido. A santificação é uma exigência que, se cumprida, resulta no agir de Deus. Não foi a santificação do povo que fez o Jordão se abrir, ele foi aberto por que o povo se santificou. A obra que Deus realiza é completa e perfeita, Ele não apenas, abriu caminho pelo Jordão, mas, também, preparou o caminho pelo meio do Jordão para que o povo pudesse passar. Ninguém sujou seus pés de lama. Se deter as águas já é algo extraordinário, imagine, além disso, deixar o caminho sequinho, como se nunca tivesse corrido água ali. Oh, Deus Glorioso! Estupendo em obras!

A travessia do Jordão para entrar na Terra prometida é uma alegoria perfeita da nossa salvação em Cristo Jesus. Para entrarmos no descanso eterno de Deus, pesa sobre nós uma responsabilidade pessoal e intransferível, que é a SANTIFICAÇÃO. A espera dos três dias para que os sacerdotes, com a arca da Aliança, tocassem, com seus pés, as aguas do Jordão, faz alusão ao tempo que tivemos de esperar para que a obra vicária do Nosso Senhor Jesus Cristo se completasse. Três dias no seio da terra vencendo todos os nossos inimigos e abrindo o caminho para que a travessia do nosso “Jordão” fosse fácil e possível. A presença da arca o tempo todo no meio do rio, nos diz, claramente, que Jesus não nos deu uma ordem e está esperando, do outro lado, que a cumpramos, muito pelo contrário, sem Ele, essa travessia seria humanamente impossível. A arca só saiu do seu lugar depois que a última pessoa cruzou o rio.

A santificação não pode ser um ato esporádico praticado, apenas, quando queremos ou precisamos receber algo de Deus, ela deve ser constante e ininterrupta. Ela é necessária para atravessar o Jordão e, muito mais, para derrotar os inimigos que tentam nos impedir de ingressar na Terra prometida.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.