Os Blasfemadores.

Os que iam passando blasfemavam dele, meneando a cabeça e dizendo: Ó tu que destróis o santuário e em três dias o reedificas! Salva-te a ti mesmo, se és Filho de Deus, e desce da cruz! De igual modo, os principais sacerdotes, com os escribas e anciãos, escarnecendo, diziam: Salvou os outros, a si mesmo não pode salvar-se. É rei de Israel! Desça da cruz, e creremos nele. Confiou em Deus; pois venha livrá-lo agora, se, de fato, lhe quer bem; porque disse: Sou Filho de Deus. E os mesmos impropérios lhe diziam também os ladrões que haviam sido crucificados com ele.” (Mateus 27: 39-44)

Ah! se todo crente governasse a própria vida seguindo os ditames da Palavra de Deus, com toda certeza a nossa estadia provisória neste mundo seria bem melhor.

Imaginem um equilibrista, destes que andam em cordas, quando estiver fazendo sua apresentação, começar a acenar para o público, a fazer caras e bocas e a desviar sua atenção da corda, a queda será inevitável. Quando esse artista começa sua travessia, uma só coisa ocupa toda sua mente: a corda. Nada além da corda deve prender ou chamar sua atenção. Nós, como crentes, devemos agir da mesma forma. Não devemos desviar nossa atenção do foco que é o Céus, nada que acontece ao nosso redor é tão importante a ponto de merecer nossa atenção. Há um ditado árabe que diz: “o cão ladra, e a caravana passa”, isso significa que não importa o quanto é barulhento o burburinho ao nosso redor, vamos continuar nossa jornada.

Saíram de nós, mas não eram de nós; porque, se fossem de nós, ficariam conosco; mas isto é para que se manifestasse que não são todos de nós.”

Resolvi escrever este artigo, por causa de algumas notícias “gospels” que andam ocupando espaço nas mídias: é fulano que abandonou o “mundo gospel” para se lançar no secularismo; é o beltrano que falou isso dos evangélicos; é o sicrano “ex-gospel” que fez isso ou aquilo. Ora, nós, e sempre nós, crentes que alavancamos o estrelismo destas pessoas, estamos dando muita importância para os latidos dos cães. A notícia fervilha por que nós ateamos lenha ao fogo. VAMOS PARAR COM ISSO! Sempre houve e sempre haverá os blasfemadores, e não importa o quanto e que tipo de impropérios regurgitem, continuemos o nosso caminho.

Nunca vi alguém que tenha se levantado contra a obra e de Deus ou contra o seu povo e, que tenha permanecido de pé. Jesus não deu IBOPE a nenhum dos seus caluniadores. Tentemos, com grande esforço, ser imitadores dEle.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.