O poder da vida e a da morte são atributos exclusivamente divinos.

I Samuel 2: 6
O SENHOR é o que tira a vida e a dá; faz descer à sepultura e faz tornar a subir dela.”

Fazer o que é certo com as intenções erradas está em desacordo com a justiça de Deus, agora, imagina fazer o que é errado com as intenções erradas. Pois é, é exatamente isso que temos visto dentro das igrejas: Algumas pessoas com poder de persuasão conduzindo outros ao abismo com seus conceitos fundamentados apenas em conhecimento humano. Puseram a sabedoria humana acima da de Deus.

Nós temos na Bíblia um exemplo clássico a respeito deste assunto. Onã, filho de Judá, utilizou o método correto para evitar uma gravidez indesejada, contudo, suas intenções eram erradas. Onã tinha o dever de, como segundo filho, suscitar a semente de seu irmão mais velho que havia morrido, casando-se com a viúva, era a Lei do Levirato. Notem os irmãos que Onã utilizou o meio adequado de contracepção, mas o que estava errado era a intenção do seu coração. Isso aborreceu a Deus.

Existem muitos métodos para controle ou planejamento familiar, alguns são estritamente naturais, como no caso de Onã e, outros fazem uso de medicamentos da indústria farmacêutica. Existem os medicamentos que são específicos para esse fim e existem outros que administrados em altas doses fazem um efeito similar, mas agindo de forma mais agressiva no organismo. Porém, em meio a todos eles, existe um, que seu uso é questionado quanto a sua verdadeira atuação, pois sua administração, segundo a medicina, é estritamente preventiva, no entanto, seus efeitos podem ir além da simples prevenção. Mas, o que as pessoas não entendem é que as indústrias farmacêuticas, sempre vão omitir a verdade absoluta sobre seus produtos. Existem medicamentos que agem como faca de dois gumes, auxiliam no tratamento de determinadas doenças, mas, em contrapartida, são agentes causadores de outras doenças.

Aonde o irmão quer chegar? Alguns devem estar se perguntado nessa hora, pois ele já falou sobre intenções, falou sobre Onã e a lei do Levirato, falou de remédios, o que ele quer realmente expressar?
Bom, quero chegar ao ponto do politicamente correto. Existem muitas pessoas fazendo o que julgam certo com as intenções erradas. Estamos falando de aborto. Estamos falando de crentes que defendem os direitos humanos, que são contra a pena de morte, que são contra a discriminação, mas que são adeptos do aborto, e, se utilizam da ciência e da medicina para executarem seus objetivos escusos. Crente não tira sua conclusão do que a ciência ou a medicina diz, antes, tem seu conceito embasado na Palavra de Deus.

Eu já disse, e volto a repetir, que Deus não proíbe nem faz nenhuma restrição ao controle ou planejamento familiar, mas quanto aos métodos usados para esse planejamento, alguns deles são, indubitavelmente, uma afronta a Deus.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.