Sansão não se suicidou, mas morreu em combate.

Juízes 16: 28-30
Então, Sansão clamou ao SENHOR e disse: Senhor JEOVÁ, peço-te que te lembres de mim e esforça-me agora, só esta vez, ó Deus, para que de uma vez me vingue dos filisteus, pelos meus dois olhos. Abraçou-se, pois, Sansão com as duas colunas do meio, em que se sustinha a casa, e arrimou-se sobre elas, com a sua mão direita numa e com a sua esquerda na outra. E disse Sansão: Morra eu com os filisteus! E inclinou-se com força, e a casa caiu sobre os príncipes e sobre todo o povo que nela havia; e foram mais os mortos que matou na sua morte do que os que matara na sua vida.”

Seria cômico se não fosse trágico, o comportamento de algumas pessoas (crentes) a partir do momento em que lhes são delegadas alguma função, ministério ou cargo. Da mesma forma como Sansão se comportou, tais pessoas se comportam. Julgam que por terem sido “nomeadas” podem conduzir suas vidas da maneira que lhes convém, esquecendo-se, ou até mesmo ignorando, que a obra de Deus tem que ser conduzida segundo a vontade dEle. Claro que Deus usa quem Ele quer, no momento que Lhe apraz e da maneira como Lhe convém, contudo, ser usado por Deus não implica estar salvo. Isso não é minha opinião, é afirmativa bíblica. A principal finalidade de Deus usar qualquer pessoa será sempre a glorificação e exaltação do Seu nome, nem sempre quem Ele usa, tem uma vida de obediência a Ele.

Para não ser diferente dos outros assuntos do trimestre, o suicídio é polêmico e controverso, dividindo opiniões até mesmo dentro das igrejas cristãs. E, muitos crentes, buscam avidamente um “pézinho” (expressão muito usada na cidade em que nasci, significa um apoio) para seus ideais suicidas e, geralmente, são estes que fazem as perguntas mais capciosas na hora da EBD.

O nosso texto base fala do ultimo combate de Sansão, e não são poucos os crentes que ainda não entenderam a atitude dele. Uns dizem que foi suicídio, outros que foi um tipo de eutanásia e outros dizem foi uma vingança pessoal. Afinal, o que, de fato, Sansão fez?

Sansão foi eleito no ventre materno para julgar Israel. Desde o ventre materno Deus o separou para um serviço específico. Aquela criança jamais poderia beber qualquer bebida forte e sobre sua cabeça nunca deveria passar navalha. Era um separado para Deus, a serviço de Deus. Seus pais deram-lhe todas as instruções e ensinos necessários para seu crescimento espiritual.

Porventura Deus não sabia que Sansão falharia no seu ministério? Se sabia, por que insistiu em usar uma pessoa que vai falhar? OPORTUNIDADE! Nesta palavra se resume a misericórdia de Deus. A misericórdia de Deus é universal! A todo e qualquer homem, que existiu, existe e existirá, Deus vai dar a oportunidade de fazer o que é certo. Jesus não morreu apenas para os judeus ou os cristãos, Jesus morreu para que toda a humanidade tenha a oportunidade de salvar-se. A isso chamamos de MISERICÓRDIA!

Agora, respondendo a pergunta feita logo acima, o ultimo ato de Sansão, no templo de Dagon, foi o ultimo combate que ele travou contra os inimigos de Deus. Naquele tempo, matar os inimigos de Deus era um dever de quem era escolhido para estar a frente do povo. Não esperem que eu diga alguma coisa sobre a salvação dele, isso é da economia de Deus.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Erivelton

Cristão Evangélico; Obreiro do Senhor Jesus Cristo, pela misericórdia de Deus; Professor da EBD; Capelão; Estudante persistente da Palavra de Deus; Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Min. Boas Novas em Guarapari-ES. Casado com a Inês; pai do Hugo, do Lucas e da Milena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.