A surpresa da vinda de Jesus requer que estejamos vigiando.

Apocalipse 16: 15
“(Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia e guarda as suas vestes, para que não ande nu, e não se vejam as suas vergonhas.)”

Algumas vezes nos desviamos largamente da mensagem principal que a Palavra de Deus quer nos transmitir, e nos embrenhamos em divagações espetaculares. Contudo, esse comportamento é, na maioria das vezes, pela falta de atenção naquilo que se está lendo. Por termos aprendido, por muito tempo, em uma só linha de raciocínio de determinado livro da Bíblia, ficamos, inconscientemente, presos numa interpretação que, algumas vezes, não é o que o Senhor Deus quer de fato nos falar, e, isso acontece com grande frequência.

A maioria esmagadora dos que examinam o livro do Apocalipse, buscam desvendar os “mistérios” que, segundo dizem os examinadores mais afoitos, estão ocultos à espera de que uma mente pródiga possa elucidá-los. Aliás, não é somente o livro do Apocalipse que provoca esse “frisson” nos estudiosos, toda a Bíblia, para estes, é um grande enigma a ser desvendado. Enquanto eles vão tentando a todo custo, elucidar a Bíblia, nós vamos crendo em palavra por palavra ali escritas.

No livro do Apocalipse, muitos dos que o examinam, se prendem em buscar profecias ainda não cumpridas e, ficam especulando a respeito de muitas coisas, coisas que envolvem os acontecimentos no espaço sideral, as explosões de armas nucleares, as catástrofes naturais, as epidemias e endemias e, outros desastres naturais ou não que tem repercussão mundial. Porém, a principal mensagem que João transmite no Apocalipse é a conduta ética do crente.

“Eis que venho como ladrão” – Nesta declaração, o Senhor Jesus não está afirmando que sua vinda se dará à noite – interpretação na qual fui instruído na adolescência e que me obrigava a permanecer na igreja por causa do medo, mas, a medida que fui sendo liberto (João 8:32), entendi que o Senhor Jesus virá em dia e hora que surpreenderá muita gente, e, não estamos falando das pessoas do mundo não, estamos falando dos crentes.

Feliz e próspero é todo aquele que tem conduzido sua vida pautada na ética cristã e que tem vigiado e orado constantemente. Para os que assim se comportam, as profecias do Apocalipse são apenas “estimuladores” para que se viva piedosamente neste mundo.

Erivelton Figueiredo.

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.