Podemos, com ajuda do Senhor, resistir ao mal e continuar firme.

Efésios 6: 13
Portanto, tomai TODA a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.”

Nosso adversário é mau, sagaz e traiçoeiro, por isso nosso Deus tanto nos exorta a vigilância. Nas batalhas travadas contra os santos do Senhor, ele usará armas e meios ilícitos para nos combater e, em alguns momentos, investirá contra nós usando nossas próprias “armas”, por isso, as “armas” que nosso Senhor põe a nossa disposição, não são apenas armas de defesa, temos também e, devemos usar com mais frequência, nossas armas de ataque. Por ser inescrupuloso, as atitudes de Satanás contra os santos do Senhor, tem origem na sua covardia. Desta forma, diante do servo de Deus que esteja devidamente “equipado” para a batalha, ele foge sem a menor “cerimônia”.

Cremos com toda convicção que, conforme está predito na Palavra de Deus, o mal, cuja essência é o próprio Satanás, será totalmente aniquilado. Satanás foi expulso do céu e no fim será expulso também da terra, o seu destino é o lago de fogo e enxofre que arde eternamente. A palavra aniquilado não tem o sentido de destruído, mas, tão somente, derrotado. Nós, os santos do Senhor sabemos e cremos nisso, o diabo também sabe, mas, parece não crer que o inferno, que foi construído exclusivamente para ser sua morada eterna, é o seu destino final.

Segundo o dicionário Wycliffe, a palavra panóplia, “armadura completa’, é uma fusão de duas palavras gregas, pan (toda) e hopla (armas), e se refere ao equipamento completo de combate de um soldado. É usada figurativamente para indicar a completa provisão da virtude espiritual com que Deus capacita seus filhos para a guerra contra o maligno.  As armas que Deus nos concede são armas poderosas e eficazes que, podem, ao mesmo tempo, serem usadas para a defesa e ataque e, o crente que não lança mão destas armas, está totalmente vulnerável nas batalhas diárias. Cada crente está inextricavelmente ligado à luta feroz que ocorre no reino celestial entre Cristo com seus anjos e Satanás com suas forças demoníacas do mal. É impossível que aquele que foi arregimentado para o “exército” de Cristo queira viver sem conflitos contra o diabo e seus séquitos.

Paulo não está dizendo que todos os dias serão maus, mas que o dia mau alvorecerá sem aviso, e quando isto acontecer devemos estar devidamente preparados. As investidas de Satanás são duras, cruéis e traiçoeiras, contudo, se permanecermos firmes em total submissão a Deus e, resistirmos fielmente crendo que nosso Deus está conosco e que não nos abandonará, o diabo fugirá de nós.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Dicionário Bíblico Wycliffe

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.