Jesus expulsa o demônio da mudez.

Lucas 11: 14
E estava ele expulsando um demônio, o qual era mudo. E aconteceu que, saindo o demônio, o mudo falou; e maravilhou-se a multidão

Não consigo imaginar Paulo, Pedro, Elias, Moisés, Davi, etc., possessos! Somos renascidos em Cristo, templo do Espírito Santo. Isso significa que o mesmo local que abriga o Espírito Santo não pode alojar uma entidade demoníaca. Um crente verdadeiro, genuíno, que é realmente transformado, jamais será possesso. Satanás não tem posse de uma vida que é de Cristo! Pois esta vida foi comprada pelo sangue do Cordeiro! É um princípio Bíblico! Uma verdade absoluta! Porém, um crente ‘meia sola’, com o pé no mundo, com uma vida em pecado, sem temor de Deus, será sempre um excelente hospedeiro para estas entidades”. – Daniel Mastral.

A Bíblia nos assegura que o “espírito das potestades do ar” age nos filhos da desobediência – “Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência.”, ele não age nos verdadeiros crentes, os filhos de Deus! Além disso, nosso Deus “… nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor”. Fico imaginando como um verdadeiro crente já liberto do império das trevas poderia ficar possuído por demônios? Digo que, enquanto o crente permanecer firme e fiel à condição de FILHO de Deus, jamais poderá ser possuído por demônios.

Alguém disse com muita propriedade que aquele que não domina é dominado e, desde o princípio Deus advertiu-nos que a responsabilidade de dominar sobre as coisas que nos dominam É NOSSA. Quando perdemos o domínio das coisas elas, a partir de então, passam a nos dominar – vícios, medos, dúvidas, ódios, sentimentos facciosos, friezas, prostituições, pensamentos lascivos e muitas outras coisas induzidas por Satanás. Tudo aquilo que o homem não soube valorizar o diabo tomou conta e, agora, oprime as pessoas e realiza a sua obra de roubo, morte e destruição – “O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir …”

Não existe nenhuma base bíblica que evidencia que um crente pode ser possesso por demônios, a principal a razão é que o crente é santuário do Espírito Santo – “Acaso não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo”. O Espírito Santo não é um visitante esporádico na vida do crente. É morador definitivo, e não se ausenta de sua morada.

Paulo garante que não há possibilidade de convivência entre Cristo e o maligno – “Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele”, e ainda afirma – “Que harmonia há entre Cristo e o maligno?

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.