O homem natural não compreende as coisas espirituais.

I Coríntios 2: 14
Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.”

Discernimento espiritual é um dos dons que o Espírito Santo concede ao crente para a edificação da igreja. Para recebe-lo é imprescindível o batismo no Espírito Santo. Não basta ser cristão ou evangélico, tem que ser crente e, além disso, tem que receber o batismo do Espírito Santo. Este dom refere-se à capacidade sobrenatural, concedida por Deus, com a finalidade de identificarem-se as origens e natureza das manifestações espirituais. Tais manifestações podem ter basicamente, três origens: De Deus, do homem (da carne) ou do maligno. Pelo entendimento e pela lógica humana, nem sempre é possível avaliar a origem das manifestações espirituais. Mas, com o dom de discernir os espíritos o servo de Deus ou a igreja não será enganada.

Por homem natural, Paulo está se referindo àquela pessoa que ainda não foi regenerada. É aquela pessoa que está sob o governo de si mesmo e, ainda que não perceba e admita, está sob o domínio de Satanás, pois, esta classe de pessoa não tem o Espírito Santo de Deus em sua vida. Desta forma, tal pessoa, é vista por Deus e considerada pela Bíblia escrava do pecado com suas concupiscências. Seu comportamento é sempre conciliado ao estilo do mundo e, assim, rejeita deliberadamente as coisas do Espírito Santo.

Não haveria necessidade do dom de discernimento de espíritos se as atitudes, que são inerentes do homem natural, se manifestassem fora das igrejas, mas … …, aqui é que reside o problema. É que entre os crentes, não estou apontando para cristãos e evangélicos não, aponto somente para os que são de fato crentes, mesmo no meio desta classe de pessoas, é possível fazer uma distinção e dividi-las em dois grupos: crentes espirituais e crentes carnais.

Ainda que, ao aceitar Jesus como nosso Salvador, nasçamos de novo e recebamos o Espírito Santo em nossa vida, permanecerá residente em nós a natureza pecaminosa. Ao contrário do que alguns pensam, a natureza pecaminosa do indivíduo jamais será mudada ou transformada em “boa natureza”, ela precisa ser mortificada e vencida pelo poder e graça do Espírito Santo. E, isso só é possível quando, pelo poder do Espírito santo, o crente espiritual guerreia contra sua natureza pecaminosa e a crucifica diariamente. Contudo, nem todo crente se esforçará nesta batalha, daí, pelo discernimento de espíritos, faremos distinção entre os crentes espirituais dos crentes carnais.

O crente carnal só pode ser distinguido pelo dom de discernimento de espíritos, pois, tal crente não vive uma vida de total e constante desobediência a Deus. Ele é, por vezes, o membro mais ativo dentro das igrejas, participa e colabora com todas as coisas, mas, infelizmente ele usa seu comportamento dentro da igreja para tentar camuflar sua verdadeira identidade de crente. Embora esse tipo de crente não viva completamente na imoralidade, rebeldia e carnalidade, em algumas áreas de sua vida, ele vive em parceria com o mundo, a carne e o diabo.

É o dom de discernimento que dá capacidade ao possuidor para determinar se um profeta está falando, ou não, pelo Espírito de Deus. Esse dom capacita o possuidor para ‘enxergar’ todas as aparências exteriores e conhecer a verdadeira natureza duma inspiração.”

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Dons espirituais & Ministeriais – Elinaldo Renovato
– Conhecendo as doutrinas da Bíblia – Myer Pearlman

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.