O sangue de Cristo nos purifica de todo o pecado.

I João 1: 7
Mas, se andarmos na luz, como Ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado”.

Quando há alguma dificuldade na interpretação bíblica, os céticos usam isso como ponto de apoio para difundir suas heresias e falsos ensinos. Não estou dizendo que a Bíblia contém erros, mas indiscutivelmente, ela é constantemente interpretada de forma equivocada e, quando não fazemos uso diário e persistente dela, nos tornamos presas fáceis de qualquer “vento”. A única forma de conhecer a Bíblia é lendo a própria Bíblia, não podemos substituí-la por nada.

A única maneira de administrarmos a nossa alma e espírito dentro dos parâmetros estabelecidos por Deus é conhecendo qual é a Sua vontade para conosco e, eu desconheço outro meio melhor do que a Bíblia para se chegar ao conhecimento de Deus – “E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus”.

É tremendo quando são tiradas dos nossos olhos as “escamas” e percebemos que tudo quanto temos aprendido de Deus é nada diante do que Ele é. Conhecer Deus não foi um processo realizado e dado por concluído na cruz de Cristo, antes, conhecer Deus depende do quanto estamos sendo transformados diariamente pela renovação do entendimento e, esse entendimento não se aplica, exclusivamente, ao estudo da teologia, mas em conhecer qual é a expressa e inquestionável vontade dEle.

Ao exigir que andemos na Sua luz, nosso Senhor não está insinuando que vai nos vigiar o tempo todo. Ele não precisa deste subterfúgio. O andar na luz de Deus é um autoexame que temos que estar fazendo rotineiramente. Não existe outra possibilidade de detectarmos nossas falhas, fraquezas e delitos senão quando expostos à LUZ de Deus. Isso é uma das oportunidades que Deus nos dá, a fim de nos tornar aceitáveis diante de Si. Só podemos detectar alguma sujeira ou imperfeição de alguma coisa ou objeto, quando expomos tal coisa ou objeto a um exame minucioso sob uma boa luz.

Assim somos nós com a mordomia da alma e do espírito, só podemos dizer que somos bons administradores nesta área, se, ao sermos expostos sob a radiante LUZ do Senhor, formos achados aprovados. Por isso, o crente deve sempre andar na LUZ, a fim de admitir que necessita diariamente de purificação e, com isso, evitar a quebra de comunhão com Deus e com os irmãos.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.