Deus teve misericórdia dos animais.

Jonas 4: 11
E não hei de eu ter compaixão da grande cidade de Nínive, em que estão mais de cento e vinte mil homens que não sabem discernir entre a sua mão direita e a sua mão esquerda, e também muitos animais?”

Certa vez, alguém querendo justificar o cuidado exageradamente excessivo que tinha com seu “bichinho” de estimação me disse que o amor ao próximo se aplica aos animais também, pois Deus cuida dos animais também. Eu não disse que sim nem que não, apenas respondi-lhe com outra pergunta: “Você, por acaso se assemelha em que com o seu ‘bichinho’? Por que eu, particularmente, não me assemelho em nada, absolutamente nada, com nenhum animal”. Entenda o “assemelhar” como sendo características que faça o homem e algum animalzinho serem da mesma espécie. Nós até vemos alguns comportamentos humano muito semelhante com o de alguns animais, porém jamais veremos algum animal se comportando como ser humano.

O que é mal compreendido dentro das igrejas e, isso se deve ao fato de que o assunto é mal explicado, é que Deus tem um zelo muito profundo por toda a Sua criação. Não é pelo fato de sermos a obra-prima de Suas mãos, que somos os únicos seres criados a receberem dEle o cuidado especial. Sem dúvida alguma, somos os únicos a receberem um cuidado mais que especial, contudo, isso não significa que nosso Senhor não se importa com o resto da criação. Se importar com toda a obra criada, não aponta para o fato de que Deus age como o homem, ou seja, já que o ser humano é ingrato, irresponsável, impiedoso, covarde e vil, doravante o Senhor irá se preocupar em salvar apenas os bichinhos. Jesus não foi a cruz pelo seu cãozinho, gatinho, calopsita, etc., etc. Jesus foi a cruz por sua causa.

As obras piedosas que são citadas na Bíblia, elas apontam para o cuidado que o ser humano tem para com o ser humano. Somente as obras que se enquadram nestas características é que tem peso para Deus. Cuidar de animais e ter um grande carinho por eles é algo honroso e nobre e, reconheço que isso não é dom de que todos têm, contudo, … porém, … todavia, tais animaizinhos não podem ocupar o lugar do ser humano no que se aplica amor ao próximo.

O pecado é algo tão terrível e devastador que uma “simples” mordida num fruto desencadeou uma avalanche de desastres que alcançou proporções inimagináveis. Tudo, tudo sofreu com o ato inconsequente de Adão, e da mesma forma que foram atingidos pela sentença divina, toda a criação, segundo o que escreveu nosso irmão Paulo, espera ansiosamente pela restauração inicial – ”Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora”.

Entendeu meu caro leitor (a)? Deixar de comer um ovo frito, não é obra misericordiosa só por que você evitou o “assassinato” de um futuro frango. Deixar de comer um bife acebolado não é obra misericordiosa só por que você não está cooperando com as “mortes cruéis” dos bois nos frigoríficos. Obras de misericórdias são as que são praticadas quando temos o nosso próximo mais em honra do que a nós mesmos.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

One thought on “Deus teve misericórdia dos animais.

  • 24 de junho de 2020 em 10:09
    Permalink

    Mas se Deus tivesse misericórdia mesmo dos animais não os deixaria nas mãos no “top da criação” no caso nós..Deus tinha era que retirá-los do nosso meio pois é muito sofrimento, que eles passam aqui na terra.
    Animais sempre pagaram uma conta que não é deles, o ser humano pecava o animal que sangrava, os bichos são comidos, explorados até os ossos, sofrem maus tratos , eu conheço todo os bastidores de abatedouro aquilo é um horror, nas roças o porco é castrado no cru, gado marcado com ferro quente em brasa, as pessoas que fazem isso quando as questiono sobre qual a necessidade disso, a resposta que levo é: Deus deixou pra isso, nasceu pra nós servir, como se o animal não sentisse dor, não temesse pela vida dele, é insignificante isso para as pessoas, oque é lamentável.
    Quanto ao que citou que Jesus não morreu por bicho e sim por nós , sim foi, porque quem pecou foi nós e não os animais.
    Pra mim é sim obra misericordiosa qdo evito de comer um bife acebolado , pelo simples fato de eu não estar compactuando com a morte cruel desses animais nos frigoríficos, uma vez que, isso não se faz mais necessários nos tempos de hoje.
    Vejo gente que já fez coisas horríveis com os animais ,hoje se arrependeram , pediu perdão a Deus, e com certeza Deus teve misericórdia dessas pessoas pois hoje elas estão restauradas e estão de boa..ou seja, quem fez coisas horríveis recebeu a misericórdia e já os bichos que nem pediu pra estar aqui e passar pelo que passa não tem a mesma misericórdia, só sofrimentos, tudo muito injusto, pra quê animal existe se só nós temos mais direitos e as outras criações serem escravos e explorados? Não consigo entender.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.