A Bíblia, por ser inspirada por Deus, fala-nos à alma.

II Timóteo 3:16
 “Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça”.

Nenhum livro da história da humanidade jamais produziu um efeito tão revolucionário, exerceu uma influência tão decisiva no desenvolvimento de todo o mundo ocidental e teve uma difusão tão universal como o “Livro dos Livros”, a Bíblia. Ela está hoje traduzida em mil cento e vinte línguas e dialetos e, após dois mil anos, ainda não dá qualquer sinal de que haja terminado a sua triunfal carreira. … Diante da enorme quantidade de resultados de pesquisas autênticos e seguros, convenci-me, apesar da opinião da crítica cética, de que desde o século do Iluminismo até nossos dias tentava diminuir o valor documentário da Bíblia, de que a Bíblia tinha razão!” (Werner Keller)¹

A Bíblia foi originalmente escrita em forma de rolo, sendo cada livro um rolo. Assim, vemos, que, a princípio, os livros sagrados não estavam unidos uns aos outros como os temos agora em nossas Bíblias. O que tornou isso possível foi a invenção do papel no Século II, pelos chineses, bem como a do prelo, de tipos móveis, inventada em 1450, pelo alemão Gutemberg. Até então era tudo manuscrito pelos escribas de modo laborioso, lento e oneroso. Quanto a este aspecto da difusão de sua Palavra, Deus tem abençoado maravilhosamente, de modo que hoje milhões de exemplares das Escrituras são impressos com rapidez e facilidade em muitos pontos do globo. Também, graças aos progressos alcançados no campo das invenções e da tecnologia, podemos hoje transportar com toda comodidade um exemplar da Bíblia, coisa impossível nos tempos primitivos. Ainda hoje, devido aos ritos tradicionais, os rolos sagrados das Escrituras hebraicas continuam em uso nas sinagogas judaicas”². (Pr Antonio Gilberto)

Alguém escreveu que a Bíblia é um livro incomparável e, mesmo que encontremos livros escritos por pessoas que foram inspiradas pelo Espírito Santo de Deus e que em seu conteúdo encontremos frases soltas que nos sensibilizem, ainda assim, não são comparáveis a Santa Escritura. Embora a Bíblia tenha sido escrita por, aproximadamente, uns quarenta escritores num espaço de, aproximadamente, mil e seiscentos anos, os tópicos dos mais variado assuntos sempre giram em torno um propósito, isso enfatiza que o que difere a Bíblia de todos os demais livros que existem ou existirão, está na sua origem – DEUS.

Deus, na sua Palavra, é a única testemunha fidedigna concernente a si mesmo: da mesma maneira a sua Palavra não achará crença verdadeira nos corações dos homens enquanto não for selada pelo testemunho do seu Espírito. O mesmo Espírito que falou pelos profetas deve entrar em nossos corações para convencer-nos de que esses profetas fielmente entregaram a mensagem que Deus lhes confiara – “Quanto a mim, esta é a minha aliança com eles, diz o Senhor: o meu espírito, que está sobre ti, e as minhas palavras, que pus na tua boca, não se desviarão da tua boca nem da boca da tua descendência, nem da boca da descendência da tua descendência, diz o Senhor, desde agora e para todo o sempre”.

Nenhum outro livro influencia a humanidade como a Bíblia. Ela produz resultados práticos nas pessoas e na sociedade – transforma vidas, traz luz, inspira e consola todos os que reconhecem a sua autenticidade. 

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– 1- E a Bíblia tinha razão… – Werner Keller
– 2 – A Bíblia através dos séculos – Pr. Antônio Gilberto
– 3 – Conhecendo as Doutrinas da Bíblia – Myer Pearlman

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.