O governo de Cristo será perfeito.

Isaías 9: 7
Do incremento deste principado e da paz, não haverá fim, sobre o trono de Davi e no seu reino, para o firmar e o fortificar em juízo e em justiça, desde agora e para sempre; o zelo do Senhor dos Exércitos fará isto”.

Nosso Deus não abusa do Seu poder e soberania para que Seus propósitos sejam executados, por isso, “todas as coisas cooperam para o bem daqueles que temem ao Senhor”. Davi estava excluído da linha sucessória ao trono de Israel, exceto pelo seu casamento com Mical, filha de Saul, desta forma, Davi jamais poderia ser acusado de ter usurpado o trono. Nosso Deus arquitetou meticulosamente os meios para que o Seu servo se assentasse legitimamente no trono. Nosso Deus não burla com autoritarismo as leis para satisfazer Seus desejos, Ele sempre usou e sempre usará os meios “legais” para realizar Seus intentos.

O Senhor tinha feito uma promessa a Davi sobre a sucessão no trono – “Quando teus dias forem completos, e vieres a dormir com teus pais, então, farei levantar depois de ti a tua semente, que procederá de ti, e estabelecerei o seu reino” e, embora isso tenha ocorrido literalmente em Salomão, todavia, o Senhor falava de Jesus Cristo e do Reino Milenial. E, novamente, vemos declarado que o zelo que o Senhor tem com a Sua palavra é a garantia de que cumprirá Suas promessas.

Pelos relatos bíblicos, acredito piamente que a população mundial será reduzida a um terço do seu total quando o Reino Milenial for implantado. Embora haja algumas divergências entre os teólogos no que diz respeito quanto ao estudo escatológico, mas a Palavra de Deus no livro de Apocalipse no capítulo 20, nos mostra com extrema clareza que o Reino Milenial só terá seu início após a prisão “temporária” de Satanás. Durante o reinado de Cristo no mundo, Satanás, por estar preso, não induzirá ninguém a pecado. Isso servirá para comprovar o que sempre temos ensinado sobre a natureza pecaminosa inerente do ser humano. No Reino Milenial, nem o pecado nem Satanás estarão derrotados definitivamente. Um pouco antes do fim deste reino, Satanás será solto, e a Bíblia diz que isso é necessário para que, aqueles que não conseguiram dominar o pecado, em si mesmos, sejam expostos e condenados.

Como é comprovado pela Bíblia, nosso Deus não precisa colocar tropeço no caminho do homem, aliás, Ele não precisa e não faz. O próprio homem, por causa da natureza pecaminosa, está inclinado para o mal, o trabalho do diabo é o de acelerar o processo do pecado. Davi ao pecar, viu em “pouco tempo” sua comunhão, espiritualidade e família desmoronar. Sem dúvida alguma, o rei Davi passou por momentos de extrema tristeza, contudo, podemos inferir pelos textos bíblicos que ele ainda tinha o temor de Deus em seu coração. Davi foi um homem de “sorte”, pois tinha ao seu lado um profeta fiel a Deus, que mesmo sendo amigo do rei, não lhe falou palavras de lisonjas e bajuladoras para amenizar o pecado do rei.

O cumprimento dos propósitos do Senhor está condicionado exclusivamente com o zelo que Ele tem com aquilo que Ele fala.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.