Nenhuma potestade do ar pode prevalecer contra a Igreja.

Mateus 16: 18
 “Pois também eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela”.

Esse versículo tem induzido muitos crentes a terem uma compreensão equivocada do que representa a igreja local (local físico onde congregam os salvos e os apóstatas) para eles. Tais crentes (conheço muitos) julgam que a igreja (local físico de reunião) é um território inviolável e impenetrável por Satanás. Já ouvi muitos crentes afirmarem que o diabo não pode entrar pelas “portas” das igrejas por que aquele lugar é santo e protegido por anjos, anjos que impedirão o ingresso do diabo ou qualquer outro demônio. Mas, não foi bem isso que o Senhor Jesus garantiu. As portas do inferno, neste versículo, representam Satanás e o mal no mundo em toda a sua plenitude, lutando para destruir a igreja de Jesus Cristo.

Jesus não está dizendo que, nem o crente nem a igreja estão imunes ao pecado. O Senhor predisse que muitos decairiam da fé e Ele advertiu as igrejas sobre as possibilidades de abandonarem a fé e se voltarem para o pecado – “Mas o Espírito expressamente diz que, nos últimos tempos, apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios”.

A garantia que o Senhor Jesus dá, no versículo acima, não se aplica àqueles que negam a fé, nem às igrejas mornas. O que Cristo quer dizer é que, a despeito de Satanás fazer o pior que pode, a despeito da apostasia que ocorre entre os crentes, a despeito das igrejas que ficam mornas e dos falsos mestres que se infiltram no reino de Deus, a igreja fiel não será destruída. Quando nos referimos a Igreja fiel estamos falando da igreja invisível, estamos falando dos remanescentes, daqueles que perseverarão até o ultimo instante. Estamos falando daqueles que não vão se separar do amor de Deus nem pelo maior ou melhor bem material. Estamos falando dos que foram redimidos pelo sangue de Cristo e selados com o Espírito Santo d promessa.

Deus, pela Sua graça, sabedoria e poder soberanos, sempre terá um remanescente de crentes que, no decurso de toda a história da redenção, permanecerá fiel ao evangelho original de Cristo e dos apóstolos e que experimentará a comunhão com Ele, o senhorio de Cristo e o poder do Espírito Santo. Como o povo genuíno de Deus, esses crentes demonstrarão o poder do Espírito Santo contra Satanás, contra o pecado, contra a doença, contra o mundo e contra as forças demoníacas. É essa igreja que Satanás com todas as suas hostes não poderá destruir nem resistir.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Bíblia de Estudo Pentecostal, A igreja (pag  1422)

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.