Cristo desfez a separação entre o povo judeu e os gentios.

Atos 28: 28-31
 “Seja-vos, pois, notório que esta salvação de Deus é enviada aos gentios, e eles a ouvirão. E, havendo ele dito isto, partiram os judeus, tendo entre si grande contenda. E Paulo ficou dois anos inteiros na sua própria habitação que alugara e recebia todos quantos vinham vê-lo, pregando o Reino de Deus e ensinando com toda a liberdade as coisas pertencentes ao Senhor Jesus Cristo, sem impedimento algum”.

Sem duvida alguma, uma das verdades que mais chocou os judeus do tempo de Jesus, foi o fato, que fora profetizado por Isaías – “Eis aqui o meu Servo, a quem sustenho, o meu Eleito, em quem se compraz a minha alma; pus o meu Espírito sobre ele; juízo produzirá entre os gentios. Não clamará, não se exaltará, nem fará ouvir a sua voz na praça. A cana trilhada não quebrará, nem apagará o pavio que fumega; em verdade, produzirá o juízo. Não faltará, nem será quebrantado, até que ponha na terra o juízo; e as ilhas aguardarão a sua doutrina. Assim diz Deus, o Senhor, que criou os céus, e os estendeu, e formou a terra e a tudo quanto produz, que dá a respiração ao povo que nela está e o espírito, aos que andam nela. Eu, o Senhor, te chamei em justiça, e te tomarei pela mão, e te guardarei, e te darei por concerto do povo e para luz dos gentios”, de que o Messias seria enviado para salvação de judeus e gentios e que ambos se tornariam um só povo de Deus.

O livro de Atos dos Apóstolos, na verdade deveria se chamar “Atos do Espírito Santo”, pois nele encontramos, do principio ao fim do livro, as mais extraordinárias narrativas bíblicas testemunhando do poder magnifico do Espírito Santo sobre a vida dos apóstolos. Curas e pregações que alcançaram pessoas de todos os níveis culturais, sociais e econômicos – judeus, gentios, samaritanos, deficientes físicos, pessoas pagãs, ricos, do poder judiciário, filósofos, gregos, governadores, reis, enfim, no livro de Atos dos Apóstolos estão testemunhados todos esses acontecimentos para confirmação do que tinha vaticinado o profeta Isaías sobre o nascimento do Messias – “Mas a terra que foi angustiada não será entenebrecida. Ele envileceu, nos primeiros tempos, a terra de Zebulom e a terra de Naftali; mas, nos últimos, a enobreceu junto ao caminho do mar, além do Jordão, a Galileia dos gentios. O povo que andava em trevas viu uma grande luz, e sobre os que habitavam na região da sombra de morte resplandeceu a luz”.

O livro de Atos dos Apóstolos nos mostra com imensa clareza que quando as pessoas, independente de etnia, se unem em torno de um objetivo comum, neste caso, a propagação do Evangelho de Cristo, a vitória é uma certeza e não uma mera esperança. Todavia, a propagação do Evangelho de Cristo, como está descrito nas páginas do livro de Atos dos Apóstolos, é uma tarefa realizada em meio a todo o tipo de ameaça – conspirações homicidas, multidões iradas, tempestades no mar, prisões e tribunais. Porém, o que nos impele a realizar esta obra com tanta disposição e sem nenhum temor é o poder do Espírito Santo que nos guia em todos os momentos.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Bíblia de Estudo NAA – Nova Almeida Atualizada
– Bíblia de Estudo MacArthur

Nota: – Por não ter visto coerência entre o texto bíblico proposto para a leitura diária com o título da mesma, tomei a liberdade de usar outro texto bíblico.

Compartilhar

2 thoughts on “Cristo desfez a separação entre o povo judeu e os gentios.

  • 11 de agosto de 2020 em 07:34
    Permalink

    Bom dia glória a Deus… Jesus é maravilhoso foi morar em Cafarnaum…uma terra pagã onde o povo estava em treva raiou uma grande luz…o que fico maravilhoso é a autoridade deste nosso Deus expulsou os espírito das trevas pelo poder da palavra..imagine você morar no bairro mais perigoso que existe e dizer para o chefe do bairro agora quem é o representante do bairro sou eu …oh glória Jesus reina para todo sempre

    Resposta
    • 12 de agosto de 2020 em 06:45
      Permalink

      Graça e Paz Pr. Rafael Cajé
      Muito obrigado pela visita.
      Deus te abençoe.

      Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.