O altar na vida de Gideão.

Juízes 6: 25-27
 “E aconteceu, naquela mesma noite, que o Senhor lhe disse: Toma o boi de teu pai, a saber, o segundo boi de sete anos, e derriba o altar de Baal, que é de teu pai, e corta o bosque que está ao pé dele. E edifica ao Senhor, teu Deus, um altar no cume deste lugar forte, num lugar conveniente; e toma o segundo boi e o oferecerás em holocausto com a lenha que cortares do bosque. Então, Gideão tomou dez homens dentre os seus servos e fez como o Senhor lhe dissera; e sucedeu que, temendo ele a casa de seu pai e os homens daquela cidade, não o fez de dia, mas fê-lo de noite”.

Gideão era filho de Joás, do clã de Abiezer, da tribo de Manassés. Ele viveu em Ofra, a leste da colina de Moré, entre Bete-Seã e o monte Tabor, uma cidade em Issacar. Como tantos israelitas durante os ciclos de apostasia, no período dos juízes o pai de Gideão tinha se voltado à adoração a Baal. Em meio ao que parecia incontestavelmente perdido, o Senhor desperta um valente cujo coração ainda anelava pela Lei divina.

Todo despertamento e avivamento, quando de forma coletiva, é em função da alguma necessidade em meio ao povo de Deus. Gideão foi despertado por causa da opressão infindável e cruenta que Israel estava sofrendo dos midianitas – “Assim, Israel empobreceu muito pela presença dos midianitas; então, os filhos de Israel clamaram ao Senhor”. A igreja de Cristo, nos dias atuais, precisa de um avivamento por causa da intensa apostasia que está se abatendo sobre ela e, os “gideões” que o Senhor tem despertado nestes últimos dias são os remanescentes que estão sendo preservados por Ele mesmo.

Muitos crentes entraram num declínio espiritual vertiginoso e não querem acordar desta situação. Muitos crentes estão num estado de catalepsia espiritual e se conformaram com o que está sendo feito dentro das igrejas, para tais crentes, tudo o que se faz ou se fala está bom – “Desperta, ó tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá”. Infelizmente há uma realidade dentro das igrejas que alguns insistem em não ver, mas que não pode ser ignorada – tem muita gente morta (espiritualmente) dentro das igrejas.

Nós não podemos estar conformados em uma igreja onde o Senhor não fala mais pela boca dos Seus profetas. Não podemos estar conformados em uma igreja onde o Senhor já não revela nada sobre a vida ou necessidade dos seus filhos. Não podemos estar conformados em uma igreja onde a Palavra de Deus foi substituída por palestras motivacionais. Não podemos estar conformados dentro de uma igreja onde o fedor da podridão dos inúmeros corpos em adiantado estado de putrefação exala intensamente. Não podemos estar conformados em uma igreja onde a comissão dada por Jesus Cristo está sendo realizada de forma omissa, displicente e desleixada.

Onde está você, “gideão” destes últimos tempos? É tempo de se levantar contra a apostasia que investe vigorosamente contra a igreja do Senhor tentando anular a sãs doutrinas bíblicas.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Bíblia de Estudo Pentecostal

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.