O altar na vida de Davi.

I Crônicas 21: 26
 “Então, Davi edificou ali um altar ao Senhor, e ofereceu nele holocaustos e sacrifícios pacíficos, e invocou o Senhor, o qual lhe respondeu com fogo do céu sobre o altar do holocausto”.

Com uma ligeira variação no texto, mas sem adulterar o seu legítimo significado, quero transcrever uma frase dita pelo rei Davi que é uma das maiores pérolas encontradas na Bíblia Sagrada. Está escrito da seguinte forma – “não (nem) oferecerei holocausto que não me custe nada”. Embora ele tenha dito numa ocasião em que estava se referindo ao valo monetário de um bem que estava adquirindo das mãos de terceiros, indiscutivelmente a frase dita pelo rei pode e deve ser aplicada em nossas vidas, sendo nós servos do Deus Altíssimo.

O que o Espírito Santo quer nos ensinar através das palavras escritas por Esdras, onde está relatando a atitude do rei Davi, é que, independentemente da época, isto é, seja em que tempo for, o adorador não pode prestar um culto a Deus sem que tenha “pago” um preço por ele (o culto). Mas que preço é esse? O que isso significa?

O que passamos a escrever não são devaneios, são realidades, embora ocultas, mas são realidades factuais, sob as quais vivem muitos crentes. Sob uma ótica mais fácil de interpretar, queremos dizer é que muitos crentes vivem sob um verniz de santidade, escondem sob uma falsa piedade espiritual um comportamento totalmente incoerente com a vida que teatralmente interpretam diante da igreja.

Por exemplo: são inúmeras as pessoas que se deslocam de suas residências até a igreja e, durante o percurso até o templo falam, ouvem e compartilham de tudo quanto é profano, imundo e detestável aos olhos do Senhor, mas quando pisam no alpendre da igreja transformam-se como num passe de mágica no crente mais fervoroso do culto. Outro exemplo é a falsa espiritualidade demonstrada pelos que recebem oportunidades durante os cultos. As pessoas não ensaiam os hinos que vão cantar e quando sabem que vão errar a letra dizem que é para Deus; tais pessoas, não leem a Palavra de Deus; não oram; não jejuam em suas casas, elas pensam que não precisam ser crentes fora da igreja. Quantas máscaras já vi cair de pessoas que intentaram ludibriar o Espírito de Deus com tais representações teatrais.

Se estivermos buscando pelo avivamento, então é bom estarmos conscientes de que um avivamento é impossível se não estivermos com nosso altar renovado diante de Deus. Precisamos nos despertar para o tipo de culto que estamos prestando ao Senhor. Já dissemos em outras ocasiões que Deus não recebe qualquer tipo de culto. Não se engane quanto a forma que estás a cultuar ao Deus Soberano Onipotente e Onisciente. Ele não se deixa enganar pela falsa espiritualidade de ninguém.

Façamos com Davi fez. Comecemos a valorizar o culto que devemos prestar ao Senhor. Ore. Jejue. Leia a Palavra. Medite nela. Ame sua família e seu próximo. Ame o seu Deus.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.