A união é uma grande força.

Neemias 4: 19-23
 “E disse eu aos nobres, e aos magistrados, e ao resto do povo: Grande e extensa é a obra, e nós estamos apartados do muro, longe uns dos outros. No lugar onde ouvirdes o som da buzina, ali vos ajuntareis conosco; o nosso Deus pelejará por nós. Assim trabalhávamos na obra; e metade deles tinha as lanças desde a subida da alva até ao sair das estrelas. Também, naquele tempo, disse ao povo: Cada um com o seu moço fique em Jerusalém, para que, de noite, nos sirvam de guarda e, de dia, na obra. E nem eu, nem meus irmãos, nem meus moços, nem os homens da guarda que me seguiam largávamos as nossas vestes; cada um ia com suas armas à água”.

Lembro-me de um trimestre onde o tema de estudo foi Neemias e sua característica de líder. Neemias é um dos maiores e melhores exemplos de liderança que encontramos na Bíblia. Neemias não somente ensinava aos homens que estavam com ele que era imprescindível que mantivessem a união, ele próprio dava exemplo. Neemias não estava por trás de uma mesa de mogno, numa cadeira acolchoada, numa sala climatizada denominada gabinete pastoral. Não! Ele não estava coordenando as obras pelo “app” do seu “iPhone” . Neemias não tinha secretárias ou assessores para agendarem ou representarem-no nos compromissos. Neemias não via problema algum em andar pelos escombros da cidade, porque o seu “sapato” não era de verniz e, acredito que se fosse um sapato envernizado de duas cores, mesmo assim ele andaria pelos escombros sem problema algum.

Neemias era um líder que liderava onde o povo se encontrava. Quem quisesse falar com Neemias tinha que ir no “canteiro de obras”, lá era o seu escritório. Era no “canteiro de obras” que Neemias atendia e era, também lá, que ele despachava, ninguém o representava, antes era ele quem estava ali representando o dono de tudo aquilo – YHWH (JEOVÁ).

Em seu livro intitulado “As sete Leis da Liderança Cristã”, o pastor David Hocking aponta para sete características fundamentais e, essencialmente, indispensáveis aos que desejam liderar, são elas: Exemplo, as pessoas precisam ser capazes de depender de sua liderança; Comunicação, as pessoas precisam entender o que você está dizendo; Habilidade, você precisa ser Capaz de Liderar outras Pessoas; Motivação, você precisa saber por que deseja ser um líder;  Autoridade, as pessoas precisam corresponder à sua liderança; Estratégia, você precisa saber para onde está indo;  e, Amor, você precisa cuidar das pessoas ao seu redor.

Qualquer pessoa que, por si mesmo, ambiciona liderar uma igreja, está fadada ao fracasso. Ninguém pode ser aquilo para o que não tem aptidão alguma.  Não estamos falando em ser uma pessoa perfeita, mas não existe melhor argumento que comprove o que somos do que o exemplo. A Bíblia nos ensina  – “Em tudo, te dá por exemplo de boas obras; na doutrina, mostra incorrupção, gravidade, sinceridade”. Demonstrar exemplos de vida, mesmo que não se pronuncie palavras, é a melhor maneira de ensinar.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– As Sete Leis da Liderança Cristã – David Hocking

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.