Profetas na igreja primitiva.

Atos 11: 27
 “Naqueles dias, desceram profetas de Jerusalém para Antioquia”.

Os profetas do Novo Testamento recebiam suas mensagens diretamente do Senhor Jesus, mas os profetas de hoje recebem suas mensagens indiretamente através das Escrituras e do Espírito Santo. Temos a nosso dispor a Palavra de Deus completa, que o Espírito Santo usa para nos ensinar e guiar. Era dever do profeta do Novo Testamento, desmascarar o pecado, proclamar a justiça, advertir do juízo vindouro e combater o mundanismo e frieza espiritual entre o povo de Deus. Por causa da sua mensagem de justiça, o profeta pode esperar ser rejeitado por muitos nas igrejas, em tempos de mornidão e apostasia.

A missão principal dos profetas do Antigo Testamento era transmitir a mensagem divina através do Espírito, para encorajar o povo de Deus a permanecer fiel, conforme os preceitos da antiga aliança. Às vezes eles também prediziam o futuro conforme o Espírito lhes revelava. Os profetas continuam sendo imprescindíveis ao propósito de Deus para a igreja. A igreja que rejeitar os profetas de Deus caminhará para a decadência, desviando-se para o mundanismo e o liberalismo quanto aos ensinos da Bíblia.

O caráter, a solicitude espiritual, o desejo e a capacidade do profeta incluem, segundo o criterioso padrão bíblico: zelo pela pureza da igreja – “Não sabeis que os injustos não hão de herdar o Reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o Reino de Deus. E é o que alguns têm sido, mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus e pelo Espírito do nosso Deus”; profunda sensibilidade diante do mal e a capacidade de identificar e detestar a iniquidade – “Amaste a justiça e aborreceste a iniquidade; por isso, Deus, o teu Deus, te ungiu com óleo de alegria, mais do que a teus companheiros”.

Ao profeta, é necessário que tenha profunda compreensão do perigo dos falsos ensinos – “Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores”; dependência contínua da Palavra de Deus para validar sua mensagem – “Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá, para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o poder para todo o sempre. Amém!”

E, finalmente, o profeta deve nutrir um verdadeiro interesse pelo sucesso espiritual do reino de Deus e identificação com os sentimentos de Deus – “Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te são enviados! Quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e não quiseste?”

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Bíblia de Estudo Pentecostal (pág. 1815)

Compartilhar

6 thoughts on “Profetas na igreja primitiva.

  • 11 de maio de 2021 em 11:19
    Permalink

    Muito boa reflexão. Deus continue vos abençoando.

    Resposta
  • 11 de maio de 2021 em 14:04
    Permalink

    Sempre com ótimas mensagens e ensinamentos. Que Deus continue abençoando grandemente sua vida 🙏.

    Resposta
  • 15 de maio de 2021 em 06:58
    Permalink

    Que Deus o retribua por tamanha dedicação ao ensino da palavra

    Resposta
    • 15 de maio de 2021 em 08:08
      Permalink

      Graça e Paz meu amado.
      Seríamos os mais miseráveis dos homens se retivéssemos esse tesouro preciosíssimo apenas para nosso deleite.

      Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.