O Espírito fala às igrejas.

Apocalipse 3: 22
 “Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas”.

Sem a menor sombra de dúvida, o Espírito Santo tem falado, não somente nestes últimos dias, às igrejas incessantemente, entretanto, como está escrito na Bíblia Sagrada, o maior problema que as igrejas enfrentam, consigo mesmas, é a identificação da mensagem que tem origem nEle. Sabemos que as igrejas estão subordinadas ao Espírito de Deus e à sua Palavra inspirada – “Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação; porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo”. Se como igreja estamos subordinados ao Espírito, então entendemos que o Espírito não é propriedade das igrejas, nem de qualquer instituição humana. Ele é o Espírito de Deus e de Cristo, e não o Espírito das igrejas. O Espírito é livre para operar onde quiser, de conformidade com os padrões justos de Deus – “O Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê, nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco e estará em vós”.

O Espírito Santo representa o senhorio atual de Cristo sobre as igrejas. O Espírito e a sua Palavra são a autoridade final. As igrejas devem constantemente julgar suas normas de fé e conduta pelo Espírito. Uma igreja não deve depositar fé noutra igreja; nem obedecer ou seguir outra igreja. O Espírito e a Palavra inspirada são maiores do que as igrejas históricas. O Espírito Santo permanecerá em qualquer igreja, somente à medida que esta permanecer fiel a Cristo e à sua Palavra e observar o que o Espírito disser às igrejas.

O nosso problema como crentes é que esperamos que o nosso Deus seja detalhista assim como alguns de nós somos. Isto é, nós esperamos que a mensagem divina que nos é transmitida verbalmente pelos profetas seja expressada de forma extremamente clara para nos poupar do “trabalho” de interpretar. Não estamos dizendo que o Senhor não nos fala com clareza, o que estamos dizendo é que às vezes nos comportamos como um “João sem braço” (fazer de desentendido para não ter que cumprir uma obrigação) diante daquilo que o Espírito Santo tem falado às igrejas. Isso é uma verdade que poucos admitem.

Se atentarmos diligentemente para as mensagens divinas proferidas pelos “profetas” em nossa igreja, perceberemos que elas estão repletas de advertências e exortações salutares para todos nós. Faríamos bem se prestássemos atenção a elas. Seríamos bem-aventurados se as tomássemos para nós e não ficássemos direcionando para o irmão do lado.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Bíblia de Estudo Pentecostal
– Comentário Bíblico do Novo Testamento Beacon

Compartilhar

2 thoughts on “O Espírito fala às igrejas.

  • 16 de maio de 2021 em 20:14
    Permalink

    Maravilhas de Deus. Excelente explanação. Que Deus continue te abençoando Pr. Erivelton. Shalom

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.