Necessita-se de “reforma”, URGENTE!.

Jeremias 5: 30
 “Coisa espantosa e horrenda se anda fazendo na terra”.

É interessante ver alguns crentes comemorando o dia da reforma protestante. Estes crentes, com toda certeza, não sabem quem promoveu tal reforma e, muito menos, sabe o que foi reformado. Na verdade, o termo mais apropriado para o que foi feito seria “reformulado”, pois, o que de fato, estava sendo proposto era uma reformulação da maneira de entender, ou de praticar o que a Sagrada Escritura ensina.

Mas, o que eu acho mais interessante em toda essa “comemoração evangélica” é o sentimento que impulsiona estes crentes a comemorarem essa data (31/10). A alegria deles está baseada mais na atitude ousada de Lutero, pois, afinal de contas alguém (Lutero) teve a coragem de se levantar contra ao poderio religioso da igreja católica naquela época e “criticar” abertamente o comportamento dos líderes da igreja em detrimento ao que de fato Lutero pretendia com essa atitude – trazer as verdades bíblicas à tona.

Se Lutero tinha a intenção ou não de dividir a igreja é uma discussão que nunca terá fim, pois quem pode conhecer a intenção do coração do homem senão Deus? Entretanto, cremos que depois ter lido o que o profeta Jeremias escreveu, ele não viu outra opção – “Saí do meio dela, ó povo meu, e livrai cada um a sua alma do ardor da ira do Senhor”.

Em conversas constantes com o amigo, irmão, pastor e missionário (George Brandão) temos chegado à conclusão de que é preciso que outros “luteros”, nos dias de hoje, se manifestem. Claro que não é para se opor ao que os líderes da igreja católica estão fazendo, mas para se opor ao que estão fazendo dentro das próprias igrejas evangélicas. Do jeito que as coisas estão indo, daqui a pouco algum padre católico vai pregar na porta de alguma igreja evangélica teses de como se pratica com fidelidade o que a Bíblia exige.

Precisamos de “luteros” com urgência! Uma reforma nas igrejas evangélicas tem quer ser instaurada imediatamente, pois, caso contrário – “Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?” Vamos dar ouvidos ao que o Senhor tem nos dito com ênfase em Sua Palavra – “Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes”, então, para não nos corrompermos vamos agir como Paulo agiu quando não estavam dispostos a ouvi-lo – “E assim Paulo saiu do meio deles”.

Despertem os “luteros” que há dentro de vós.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.