As Escrituras Sagradas atestam a verdade divina.

Salmos 119: 160
 “A tua palavra é a verdade desde o princípio, e cada um dos teus juízos dura para sempre”.

Quando falamos da inerrância bíblica, estamos dizendo que a verdade é transmitida em palavras que, entendidas no sentido em que foram empregadas e no sentido que realmente se destinavam a ter, não expressam erro algum. O simples fato de a Bíblia ter sido inspirado pelo Espírito Santo garante a inerrância da Bíblia. Inerrância não significa que os escritores não tinham faltas na vida, mas que os seus escritos foram preservados de erros. Embora, em algumas citações fica evidente que os escritores tiveram concepções equivocadas acerca de muitas coisas, entretanto, o que escreveram não ensinaram; por exemplo, quanto a terra, às estrelas, às leis naturais, à geografia, à vida política e social etc. Quando, por exemplo, Josué escreve que o Sol parou, na verdade, hoje sabemos que quem parou foi a Terra, porém Josué não possuía conhecimento científico, por isso, foi mais conveniente para Deus “inspirá-lo” a escrever o que ele viu – o Sol parado no meio do céu por quase um dia inteiro.

É irritante você se deparar com crente que fica querendo encontrar erros na Bíblia, para suscitar discussões. Este trimestre (1º de 2022) é uma excelente oportunidade para o aprendizado de uns e aperfeiçoamento de outros nas questões infindáveis relacionadas à Bíblia Sagrada. Mas, infelizmente, os que estão sempre prontos a iniciarem uma discussão vã acerca da Palavra de Deus, não estarão nas EBDs. Sabem tudo e não conhecem nada. Estes “lobos” travestidos de ovelhas são induzidos com extrema facilidade a aceitarem “novas revelações” e coisas do gênero.

A inerrância bíblica não impede ou nega a flexibilidade da linguagem como veículo de comunicação. Por isso, muitas vezes, é difícil transmitir com exatidão um pensamento por causa desta flexibilidade de linguagem ou por causa de possível variação no sentido das palavras. Ou seja, isso não significa que não se possa interpretar erroneamente o texto ou que ele não possa ser mal compreendido.

A inerrância bíblica, ou seja, a inexistência de erros, não abrange as cópias dos manuscritos, mas atinge somente os originais, ou seja, podemos encontrar erros de escrita nos manuscritos. E os erros mais comuns nos manuscritos são: erros involuntários e erros intencionais.

Dos erros involuntários podemos dizer que abrange a falha na visão e, isso se dá nas situações onde o copista acrescentou ou suprimiu letras ou palavras do texto original por deduzir que não era necessário repetir letras ou palavras em uma mesma frase; quanto à falha na audição, isso pode ter ocorrido pelo fato de que em algumas ocasiões havia um orador que lia o texto original e vários copistas iam escrevendo o que escutavam; e, por fim, a falha na mente. Este último é interessante, pois até mesmo nós, às vezes somos surpreendidos pela nossa mente, pensamos em escrever determinada palavra e escrevemos outra ou suprimimos e transpomos letras dando outro significado ao que queríamos escrever.

Os erros intencionais não se originaram de negligência ou distração dos escribas, mas antes de suspeita de alteração, principalmente doutrinária.

Erivelton Figueiredo

 Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Apostila Filemom Escola Superior de Teologia, Bibliologia – A Doutrina das Sagradas Escrituras – Pr. Mateus Duarte

Compartilhar

3 thoughts on “As Escrituras Sagradas atestam a verdade divina.

  • 11 de janeiro de 2022 em 06:37
    Permalink

    Pastor …Deus abençoe poderosamente a leitura diária de hj.. é para ligar no 220V

    🙌🏽🙌🏽 está no puro aceite ..oh glória..

    Excelente exemplo da passagem de Josué e vai nos ajudar muito na explicação da Inerrância… Verdade uma coisa que o senhor falou.. aprendemos até no ensino fundamental.. a terra que se movimenta em torno do Sol.. conforme exposto.. a inspiração eu tbem acredito que Deus capacitou seus servos e naquele momento .. Josué precisava registra este milagre diante de seus olhos..

    Resposta
  • 11 de janeiro de 2022 em 13:32
    Permalink

    A paz do Senhor Jesus, muito interessante esta passagem de Josué, pois mesmo hoje se acontecer de olharmos para o céu e ver o sol em uma posição, depois de várias horas voltemos a olhar e ele se encontrar no mesmo lugar deixemos o sol parou, e nunca, a terra parou, mesmo sabendo que quem parou foi a terra.
    Deus em Cristo vos abençoe.

    Resposta
  • 12 de janeiro de 2022 em 22:17
    Permalink

    DEUS abençoe sempre…

    A palavra do Senhor permanece para sempre…Glória a DEUS 🙌🏾

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.